1

Filho de atacante do Campos, de quatro anos, é morto com tiro nas costas no Rio de Janeiro

2
Fotos: Reprodução.

Na tarde do último domingo (27.03), uma tragédia mexeu com o psicológico dos jogadores do Campos Atlético Associação, principalmente com o de DG. O filho do atacante, Ryan Gabriel, de apenas quatro anos, foi assassinado no Rio Janeiro, durante um confronto entre traficantes dos morros da Serrinha e do Cajueiro, em Madureira.

Segundo informações, Ryan Gabriel brincava na frente da casa dos avós, onde passou o domingo de Páscoa, quando foi atingido por um tiro nas costas. A bala atravessou o corpo do garoto e saiu pelo peito. Ao saber do acontecido, DG publicou em seu perfil no facebook um pedido de orações pelo filho, que acabou não resistindo e morreu no Hospital Getúlio Vargas. A mãe de Ryan, Tayane Pereira da Silva, de 20 anos, deixou o hospital inconformada.

Na véspera da morte do menino, DG jogou os 90 minutos do clássico do Campos contra o Americano, que venceu por 2 x 1 fora de casa. Após o fato, o Roxinho decretou luto. Companheiros de equipe de DG, como Pagode e Thurran, além de outros jogadores de outros times, como o lateral Guilherme, do Bangu, prestaram solidariedade ao atacante e familiares. Moradores da comunidade do Cajueiro protestaram contra a morte do menino e dois ônibus do BRT foram queimados.

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *