sábado , 10 dezembro 2016
operação cambuci 4

“Força Tarefa” combate o crime em municípios do Noroeste

operação miracema civil 2
Fotos: Equipe SF Notícias

Um verdadeiro combate ao tráfico de drogas e qualquer outro tipo de crime, está sendo feito em municípios do Noroeste Fluminense, em especial, nos municípios de responsabilidade do 36º Batalhão de Polícia Militar de Santo Antônio de Pádua.

A Força Tarefa é formado operação chuvapor um comboio de viaturas, denominado de GPR – Grupamento de Pronta Resposta,  tem o objetivo de efetuar rondas preventivas e abordagens a pessoas em atitudes suspeitas de cometimento de algum crime nos seis municípios da área de responsabilidade do 36º BPM.

“É uma equipe que realizará operações em São Sebastião do Alto, Cambuci, Itaocara, Aperibé, Santo Antônio de Pádua e Miracema, a fim de prender marginais da lei e apreender materiais ilícitos promovendo maior segurança a população. Serão duas guarnições com efetivo reforçado e policiais que possuem características voltadas para o Serviço Operacional na Corporação acostumados a este tipo de trabalho”, disse o Comandante da unidade, o Tenente Coronel Eduardo Vaz Castelano, em uma conversa com nossa equipe de reportagem.

Além do Grupamento de Pronta Resposta, o policiamento também foi reforçado na comunidade da Cidade Nova em Pádua, que agora conta com um setor de patrulhamento na parte alta e outro na parte baixa do bairro, além de policiamento com o PATAMO – Policiamento Tático Móvel e quatro Motopatrulhas, a fim de evitar qualquer tipo de crime.

operação miracema policia padua 2Já em Miracema, um policiamento jamais visto foi montado no município, que agora, passou a contar com um reforço da Supervisão, quatro Motopatrulhas, dois PATAMOS, duas viaturas do Grupamento de Pronta Resposta, duas viaturas em setores de patrulhamento no centro da cidade e viaturas exclusivas nas operação 4comunidades do Cruzeiro, Vila Nova e Jove/Demétrio, além das operações “Fecha Quartel”.

“Este tipo de policiamento é importante na medida em que proporciona um reforço no policiamento dos municípios com mais policiais e viaturas capazes de responder prontamente às demandas de cada localidade tratando as especificidades locais e proporcionando diminuição da sensação de insegurança proveniente da redução dos índices de criminalidade”, disse o Coronel.

Castelano concluiu a conversa falando que todas as ações são estratégicas de comando, com finalidade de redução ainda maior dps índices de criminalidade e oferecimento de mais segurança à população.

 

 

operação PM

SFn