segunda-feira , 5 dezembro 2016
friburgo tj

Friburgo entre as três cidades com maior possibilidade de ameaças naturais ou tecnológicas no Estado

friburgo
Fotos: reprodução

O Mapa de Ameaças Naturais do Estado do Rio de Janeiro, na sua versão atualizada no ano de 2014, acaba de superar a marca de 13 mil visualizações na internet após sua disponibilização na plataforma virtual MindMeister. Lançado no dia 05 de junho de 2012, durante o IX Fórum Nacional de Defesa Civil, em Angra dos Reis, o mapa já foi apresentado em vários estados do país e também no Chile, Peru, Equador, Colômbia, Cuba, Espanha e Japão, sempre em eventos de cunho técnico-científico.

Reconhecido como um trabalho pioneiro e alinhado ao Marco de Ação de Hygo 2005-2015 pelo Centro Regional de Informações sobre Desastres (CRID/ONU), o documento é distinguido como uma experiência significativa para a redução do risco de desastres (RRD) no continente por ocasião da Plataforma Regional das nações Unidas para a RRD, no Chile, e, após ter sido selecionado por um júri internacional, foi apresentado no Japão, em março deste ano, na Conferência Mundial para a RRD da ONU.

friburgo tg– Tão importante quanto conhecer os perigos é tomar medidas. O Mapa de Ameaças Naturais do estado, que já possui cerca de 13.200 visualizações, tem nos permitido avaliar os riscos e promover uma série de ações para reduzi-los, priorizando a prevenção e aumentando a resiliência das comunidades frente aos desastres – afirmou o Cel BM Paulo Renato Vaz, diretor geral do Departamento Geral de Defesa Civil (DGDEC).

Segundo o Cel BM Ronaldo Alcantara, secretário estadual de Defesa Civil, a ferramenta vem apresentando resultados expressivos nos últimos 3 anos.

– Foram 460 ameaças naturais de desastre identificadas e hierarquizadas, acarretando 374 planos de contingência desenvolvidos por 82 COMDECs. Ainda como consequência deste trabalho, lançamos, há 2 meses, o Mapa das Ameaças Climatológicas do estado, que já nos possibilitou elaborar 168 planos de contingência municipais com 86 COMDECs para enfrentarmos as ameaças de estiagem e incêndio florestal – disse.

Para se adequar ao Marco de Sendai, novo documento da ONU para a RRD no planeta para os próximos 15 anos, o DGDEC já está trabalhando na nova versão do mapa, que será lançada em 2016 e que contemplará mais de mil ameaças múltiplas de desastre que rondam o território fluminense. O Mapa de Ameaça Naturais pode ser acessado pelo endereço:www.mindmeister.com/376772296 ou pelo campo “Destaques” do site do DGDEC.

Veja as cidades com as três maiores prevalências de ameaças:

São Gonçalo

 Naturais
1 – Inundações
2 – Alagamentos
3 – Deslizamentos

Tecnológicos
1 – Incêndios em aglomerações residenciais
2 – Colapso de edificações
3 – Desastres relacionados a transporte de produtos perigosos

Rio de Janeiro

Naturais
1 – Deslizamentos
2 – Alagamentos
3 – Epidemias

Tecnológicos
1 – Desastres relacionados a transporte de produtos perigosos
2 – Colapso de edificações
3 – Incêndios em aglomerações residenciais

Nova Friburgo

Naturais
1 – Deslizamentos
2 – Inundações
3 – Enxurradas

Tecnológicos
1 – Derramamento de produtos químicos em ambiente lacustre, fluvial, marinho, aquífero
2 – Desastres relacionados a transporte de produtos perigosos
3 – Colapso de edificações

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *