Friburguense é punido por escalação de jogador irregular e perde título da Copa Rio

Foto: Agência FERJ.
Foto: Agência FERJ.

Campeão dentro das quatro linhas, o Friburguense não receberá a premiação pela conquista da Copa Rio. Na tarde desta sexta-feira (28.10), o clube de Nova Friburgo foi punido com seis pontos de forma unânime – 5 votos a 0 – no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) pela escalação irregular do zagueiro Diego Guerra durante o torneio. Além da perda dos pontos, que garante o título à então vice-campeã Portuguesa, o Frizão também foi multado em R$ 400.

Em campo, o Friburguense havia ficado com o título após vencer o primeiro jogo da final por 3 a 2 em casa, perder o segundo por 4 a 3 na casa do adversário, mas levar a melhor pelo mesmo placar na disputa de pênaltis. O herói da decisão foi o goleiro Luis Felipe, que marcou defendeu um pênalti no tempo normal, marcou um gol de cabeça no último minuto de jogo e fez mais duas defesas nas penalidades. O título não foi homologado a pedido da Lusa, que solicitou que fosse aguardado o julgamento.

O Friburguense promete recorrer da decisão do TJD-RJ. Se houver o recurso, este será julgado em segunda instância, no Pleno do TJD. Envolvido na polêmica, Diego Guerra retornou ao clube após um empréstimo para o Macaé, e só teve seu nome inscrito no Boletim Informativo de Registro de Atletas (BIRA) em setembro, após o prazo limite de inscrição da Copa Rio.

Mais do SFn