segunda-feira , 5 dezembro 2016
garotinho

Garotinho é condenado pela Justiça Federal por calúnia contra juiz

garotinho 2
Fotos: arquivo SFnotícias

O ex-governador Anthony Garotinho foi condenado pela Justiça Federal a dois anos e oito meses de prisão por calúnia contra o juiz federal Marcelo Leonardo Tavares. No entanto, a pena foi substituída pelo pagamento de 200 salários mínimos, além de prestação de serviço à comunidade. Ele teria ofendido duas vezes o magistrado com comentários em seu blog, entre 2011 e 2012, acusando o juiz de prevaricação e corrupção passiva.

“A primeira mentira está na afirmação de que o Tribunal Regional Federal me condenou. É mentira. Um juiz em primeira instância deu uma sentença que qualquer cidadão que entenda minimamente de Direito sabe que foi encomendada. Inclusive estou representando contra esse magistrado no Conselho Nacional de Justiça, onde estive pessoalmente com a corregedora Ministra Eliana Calmon”, escreveu Garotinho, em 2011.

Já na outra publicação, em 2012, o ex-governador disse que “(…) estou representando no Conselho Nacional de Justiça contra o juiz federal Marcelo Leonardo Tavares, que proferiu a sentença em primeira instância e da qual estou recorrendo. Aquele processo foi uma armação política e o juiz foi parte dela”.

Garitinho disse que irá recorrer da decisão de primeira instância.

Fonte: redação / O Dia

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *