quarta-feira , 18 outubro 2017

General do Exército fala em intervenção se Justiça não agir contra corrupção A declaração foi feita durante uma palestra promovida pela maçonaria em Brasília

A declaração foi feita durante uma palestra promovida pela maçonaria em Brasília

O general Antonio Hamilton Martins Mourão, secretário de economia e finanças do Exército Brasileiro, falou na possibilidade de intervenção militar caso a situação – a crise enfrenta pelo Brasil – não seja resolvida pelas próprias instituições. A declaração (veja o vídeo) foi feita durante uma palestra promovida pela maçonaria em Brasília, na Loja Maçônica Grande Oriente, na última sexta-feira (15/09).

Em uma das falas ele disse; “Ou as instituições solucionam o problema político, pela ação do Judiciário, retirando da vida pública esses elementos envolvidos em todos os ilícitos, ou então nós teremos que impor isso. Os Poderes terão que buscar uma solução, se não conseguirem, chegará a hora em que teremos que impor uma solução… e essa imposição não será fácil, ela trará problemas”.

Para a Folha de São Paulo, o Centro de Comunicação Social do Exército informou “que o Exército Brasileiro, por intermédio do seu comandante, general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas tem constantemente reafirmado seu compromisso de pautar suas ações com base na legalidade, estabilidade e legitimidade”.


Mais do SFn

SFn