Governo do Rio deve lançar em março consulta pública relativa à concessão à iniciativa privada de rodovias da região Com a concessão das rodovias, pedágios devem ser instalados em Pádua, Bom Jesus e Cantagalo; tarifa base é de R$ 4,41

Com a concessão das rodovias, pedágios devem ser instalados em Pádua, Bom Jesus e Cantagalo; tarifa base é de R$ 4,41

Foto: Vinnicius Cremonez / SF Notícias

O Governo do Rio de Janeiro vai dar mais um passo para viabilizar o projeto de concessão de cinco rodovias no Noroeste Fluminense e na Região Serrana. A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico planeja abrir em março a consulta pública relativa à concessão das vias, que fazem parte do Lote 1 (Eixo Noroeste). A consulta pública incluirá contribuições dadas nas audiências públicas realizadas pela Secretaria, desde janeiro deste ano, em municípios das Regiões Noroeste, Norte, Serrana e Metropolitana. Após a consulta pública, a etapa seguinte compreenderá ajustes nos termos do edital do projeto, para que o documento referente à licitação seja publicado no fim deste semestre. (continua após a fofo)

O Lote 1 do projeto estadual de concessão inclui as seguintes rodovias: RJ-244 – a ser construída, ligando o Porto do Açu à BR-101; a RJ-122 (entre a Rio-Teresópolis e a RJ-116); as rodovias 158 e 160, que conectam a divisa com Minas Gerais à região de Cantagalo; e a RJ-186, que cruza o Noroeste do Estado, da divisa de Minas à do Espírito Santo. O Lote 1 demandará investimentos de mais de R$ 1 bilhão. Em janeiro desse ano o Governo do RJ iniciou as audiências públicas destinadas a debater o projeto estadual, que foram realizadas em Bom Jesus do Itabapoana, Santo Antônio de Pádua, Cantagalo, Guapimirim, Campos e São João da Barra. Ontem (19) foi lançado o Manual de Parceria Público-Privadas – PPPs.  O manual foi elaborado para auxiliar o setor público a estruturar parcerias com investidores privados, contemplando os conceitos e as ações de cada etapa dos projetos. (continua após a foto)

Com a concessão, quatro praças de pedágio devem ser instaladas: nos municípios de Bom Jesus do Itabapoana (km 91+450), Santo Antônio de Pádua (km 11+890), Cantagalo (km 21+130) e em Guapimirim (km 11+500). Segundo dados do Relatório Técnico 3 – Estudos de Fluxo Financeiro, Volume 1, a tarifa base é de R$ 4,41 para as quatro praças. O Lote 1 demandará investimentos de mais de R$ 1 bilhão (reveja AQUI).

Mais do SFn