Fotos: Arquivo
Fotos: Arquivo

Governo do Rio pode parcelar salários de maio devido ao bloqueio das contas pela União

Fotos: Reprodução
Fotos: Reprodução

O Estado do Rio depende agora da União para não ter que parcelar os salários de maio dos servidores públicos. Atualmente as contas do governo estão bloqueadas por não ter quitado uma parcela de um empréstimo feito junto à Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), do qual a União era avalista. Se o pedido de bloqueio não for revisto pelo Planalto, o parcelamento é certo.

Integrantes da cúpula do governo estadual afirmam que o Rio não conseguiu quitar a parcela do empréstimo com a AFD porque teve R$ 49 milhões arrestados pela Defensoria Pública. O valor foi retirado das contas estaduais no início da semana passada e serviu para quitar a folha de pagamento dos servidores daquele órgão. O governo contava com esse dinheiro para pagar, além de outras obrigações, parte dos servidores.

Como a União é avalista do empréstimo junto ao fundo francês, o governo federal quitou a pendência. A contrapartida foi pedir o bloqueio de todas as contas estaduais que recebem pagamentos de Imposto sobre Circulação de Mercadores e Serviços (ICMS). O pagamento salarial dos servidores está agendado para o dia 14 de junho, 10º dia útil do mês. A folha mensal das administrações direta e indireta gira em torno de R$ 1,5 bilhão.

Fonte: Extra
SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *