Governo do RJ alerta sobre aumento de casos de chikungunya Mais de 4.260 casos já foram notificados apenas entre janeiro e março

Mais de 4.260 casos já foram notificados apenas entre janeiro e março

Fotos: Reprodução

Apenas nos três primeiros meses deste ano, o número de casos de chikungunya triplicou em relação ao mesmo período em 2017. Segundo o Governo do RJ, de janeiro a março já foram notificados 4.262 novos casos, o que indica uma situação muito preocupante.

O Governo alertou a população para a prevenção, já que com medidas simples é possível eliminar criadouros do mosquito. É preciso ter atenção as garrafas, sacos plásticos e pneus que ficam expostos à chuva. Outra medida é tampar recipientes que acumulam água, como caixas d’água e piscinas.

Sintomas

Os principais sintomas da chikungunya, uma das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, são febre alta de início rápido, dores intensas nas articulações dos pés e mãos, além de dedos, tornozelos e pulsos. Quem contrai a doença pode ter ainda dor de cabeça, dores nos músculos e manchas vermelhas na pele. Não é possível ter chikungunya mais de uma vez.

 


Mais do SFn