Guarda Municipal de Pádua isola praças e fiscaliza cumprimento de decreto no comércio não essencial Os agentes também estão atuando em agências bancárias para evitar aglomerações

Os agentes também estão atuando em agências bancárias para evitar aglomerações

Fotos: Divulgação/ Guarda Municipal de Pádua

Desde a última sexta-feira (20/03) a Guarda Civil Municipal de Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense, está atuando para que as medidas de enfrentamento ao novo coronavírus sejam cumpridas no município. Uma das primeiras ações realizadas pelos agentes foi nas agências bancárias, para que não houvesse filas/aglomerações. Já neste sábado (21) os guardas iniciaram a fiscalização do cumprimento do decreto que determinou o fechamento do comércio não essencial. Conforme determinado pela Prefeitura, todas as atividades comerciais, exceto dos estabelecimentos que comercializam gêneros de primeira necessidade, como supermercados, mercados, mercearias, padarias, quitandas, farmácias e postos de combustível, estão suspensas por prazo indeterminado. (continua após a foto)

Neste sábado, a Prefeitura publicou uma complementação e integração ao Decreto Municipal nº 037/2020, autorizando o funcionamento de lotéricas, Bancos e afins; casas de ração e de serviços de alimentação e cuidado com animais (pet shops); clínicas médicas e veterinárias; distribuidoras de gás de cozinha e atividades de Delivery (entrega de mercadorias/alimentos). Nos estabelecimentos considerados essenciais, as atividades ficam restritas a 20% de suas capacidades de lotação. Será obrigatório para os funcionários o uso de máscaras e higienização regular e periódica de mãos, balcões e caixas, com álcool em gel. De acordo com o comandante Muniz, da Guarda Municipal, agentes também isolaram a Praça Pereira Lima e a Praça Visconde Figueira, já que algumas pessoas ainda estavam frequentando estes locais, ficando inclusive sentadas nos bancos.

Mais do SFn