H1N1: Com dois óbitos confirmados e 22 casos suspeitos, Campos vacinou apenas 54% do público-alvo A vacina segue disponível somente para o público-alvo, em todos os municípios do estado, até o dia 15

A vacina segue disponível somente para o público-alvo, em todos os municípios do estado, até o dia 15

Fotos: Divulgação

A prorrogação da campanha de vacinação contra a gripe foi iniciada nesta segunda-feira (03/06) e segue até o dia 15, no Estado do Rio. Em Campos, assim como nos outros municípios do RJ, a imunização é realizada apenas no grupo prioritário devido a uma normativa da Secretária de Estado de Saúde, que tem como objetivo elevar o número de pessoas vacinadas dentro do público-alvo.

Até o momento, segundo a Prefeitura de Campos, a cidade vacinou apenas 54% do público-alvo: idosos, crianças na faixa etária de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto). No município, atualmente há 22 casos suspeitos e dois óbitos confirmados de H1N1. No comunicado aos municípios, a Secretaria Estadual de Saúde reiterou que pelo menos 15 cidades ainda não conseguiram atingir a meta de vacinação para o público-alvo.

A meta do município era atingir 90% até 31 de maio, cobrindo 137 mil pessoas em quase dois meses de vacinação. Foram aplicadas 68.696 doses, sendo 15.363 crianças (41,09% do previsto); 7.880 trabalhadores da área de Saúde (69,7%); 3.260 gestantes (57,83%); 523 puérperas (56,42%); 29.475 idosos (52,58%); 8.090 pessoas com comorbidades (54,19%) e 2.548 professores, categoria com maior índice de imunização, atingindo 98,34%.


Mais do SFn