swertryutyutyi

Homem é preso por desmatamento no Parque Estadual do Desengano

wdedfghjkiupoip

Um homem de 46 anos foi preso por extrair ilegalmente madeira do Parque Estadual do Desengano, em Campos. Segundo informações da 3ª Unidade de Polícia Ambiental (3ª UPAm), a prisão aconteceu em uma fazenda na localidade de Batatal, em Conceição do Imbé.

Ainda de acordo com a UPAm, os policiais ambientais acompanhados de uma equipe do Inea, foram ao local para averiguarem uma denúncia. No ponto indicado pela denúncia foi encontrado corte seletivo de algumas árvores nativas em área de preservação permanente, por estrem a menos de dois metros de um curso d’ água e dentro da área do Parque Estadual do Desengano, onde as mesmas foram beneficiadas em taboas e barrotes, estando aproximadamente cinco metros cúbicos da madeira no local.

Na residência do acusado, os policiais também encontraram uma mini serraria para beneficiamento das árvores cortadas e mais cinco metros cúbicos de madeira com características de nativa. Algumas foram usadas como telhado da casa e na reforma de uma carroça, e outras, foram armazenadas na serraria. A equipe também encontrou a motosserra utilizado para cortar as árvores.

dertyuiiouioiO acusado foi encaminhado para a 134ª Delegacia Legal do Centro de Campos, onde o caso foi registrado. Já as madeiras serão levadas para a sede do Parque, e após conclusão do Processo Administrativo correspondente, serão doadas para a Escola de Marcenaria de Santa Maria Madalena.

A extração de madeira, sem autorização de órgãos competentes, é uma infração prevista na  lei de crimes ambientais, cabendo ao infrator, responder judicialmente, pelos crimes lesivos ao meio ambiente.O corte além do crime propriamente, gera danos a floresta que necessita de centenas de anos para recomposição completa de algumas especies derrubadas, diminuindo a biodiversidade, expondo o solo a erosão e afetando diretamente o ecossistema local.

As denúncias de crimes ambientais podem e devem ser feitas de maneira completamente anônima pela Linha Verde do Disque Denúncia (0300-253-1177) ou para UPAm Desengano ( 22- 2561-3228 )

wertyuy7o

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *