segunda-feira , 20 novembro 2017

Hospital confirma morte de adolescente baleado em São Fidélis

O adolescente Wallas de Souza Oliveira, de 16 anos, baleado na madrugada do último sábado(17),  morreu nesta terça-feira (20), no Hospital Ferreira Machado, em Campos. Segundo a unidade hospitalar, o adolescente deu entrada com uma perfuração na cabeça e teve morte encefálica constatada nesta terça.

Wallas estava sentado em frente a um bar conhecido como “Bar do Juninho”, na subida do bairro Jonas de Almeida e Silva, conhecido como Chatuba, quando dois homens passaram e efetuaram os disparos, mas que acertaram Wallas por engano.

Resposta rápida da Polícia Militar

No dia seguinte ao crime os autores foram presos por homens da 4º Companhia de Polícia Militar de São Fidélis. Com eles foram aprendidos a arma usada no crime e drogas.

Um dos acusados confessou que a mesma arma que matou Wallas, também foi usada em outros quatro homicídios.

O SF Notícias acompanhou com exclusividade a operação realizada pela Polícia Militar, que resultou na prisão dos acusados do crime. Joelio Willemem Serpa Junior, de 20 anos, e L.M.S.I. de 16 anos, estavam escondidos em uma mata que fica às margens da RJ 158 e 192, entre as localidades de Canjiquinha e Piraí. Os dois confessaram que atiraram em Wallas de Souza Oliveira, de 16 anos, por engano, já que os disparos seriam para uma outra pessoa que fugiu. (REVEJA A MATÉRIA AQUI)

A família do adolescente se dispôs a doar os órgãos e aguarda os procedimentos necessários para a captação.

Segundo em menos de um mês em São Fidélis

Com a morte de Wallas, esse é o segundo homicídio registrado em menos de um mês em São Fidélis. Na madrugada de segunda-feira(05), um jovem também morreu após ser baleado em frente a uma residência no município, dessa vez,  no bairro São Vicente de Paula.

O crime aconteceu em uma residência na Rua Gustavo José de Souza. Segundo informações da polícia, Jean Dias Pereira, de 29 anos, mais conhecido como “Jeanzinho”, estava em uma esquina conversando com sua esposa e mais amigos, e em seguida foi para casa tia, onde aconteceu o crime.

Ainda de acordo com a polícia, pouco tempo depois de entrar na casa da tia, uma pessoa ainda não identificada chegou em uma moto e chamou por Jean, e quando o mesmo foi até o portão, foi atingido por um disparo no tórax. Jean foi socorrido pela ambulância do Corpo de Bombeiros para o Hospital Armando Vidal no centro, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O terceiro em três meses

Leandro da Silva dos Santos, de 39 anos, conhecido como “Leandro Gabiru”, foi atingido por um disparo de arma de fogo na tarde deste domingo(19) de outubro de 2014, dentro de um bar no bairro Barão de Macaúbas em São Fidélis.

Segundo informações da polícia, a vítima estava dentro de um bar conhecido como “Bar do Erasto”, na Praça do Erasto. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiro e encaminha para o Hospital Armando Vidal no centro da cidade, de onde foi transferido em estado grave para o Ferreira Machado em Campos.

Segundo informações do setor de comunicação do Ferreira Machado, a vítima não resistiu aos ferimentos e faleceu ao dar entrada na unidade hospitalar.

 


Mais do SFn