quarta-feira , 18 setembro 2019

Identificadas duas vítimas de acidente com ônibus que caiu em ribanceira no Noroeste Fluminense Um jovem morreu no local; Um idoso e duas mulheres - ainda não identificadas - foram socorridos, mas não resistiram

Um jovem morreu no local; Um idoso e duas mulheres - ainda não identificadas - foram socorridos, mas não resistiram

Duas vítimas do grave acidente envolvendo um ônibus da Auto Viação 1001, já foram identificadas. Ao todo, quatro pessoas morreram, sendo que duas mulheres, que também estavam no ônibus e não resistiram aos ferimentos não foram identificadas até o momento.

O ônibus colidiu contra um carro e caiu em uma ribanceira de aproximadamente 50 metros, e quase foi parar dentro de um córrego. O acidente aconteceu no KM 18 da RJ-220, altura do Parque Lajinha, próximo ao perímetro urbano de Natividade, no Noroeste Fluminense.

Havia 26 pessoas dentro ônibus (25 passageiros e o motorista) e cinco no carro que foi atingido pelo coletivo. O jovem Alef Carvalho de Oliveira, de 25 anos, morreu ainda no local. Ele era morador do município de Tombos, em Minas Gerais e segundo relatos de amigos nas redes sociais, retornava para casa após uma jornada de trabalho de 15 dias longe da família. Alef trabalhava como Montador de Andaime, em uma plataforma em Macaé. 

Já o senhor Atair Rangel de Souza, de 68 anos, natural de Divino, também em Minas, chegou a ser socorrido para o Hospital São José do Avaí, em Itaperuna, mas não resistiu. As outras duas vítimas fatais também chegaram a ser socorridas para a unidade.

Entre os feridos está um bebê de oito meses, quatro crianças – uma de 7, duas de 8 anos e uma de 11 anos -, e dois adolescentes – um de 14 e outro de 15 anos. Dos feridos, um é de Campos, dois de Natividade, dois de Porciúncula, seis de Itaperuna e 18 de cidades de Minas Gerais.


Mais do SFn