quarta-feira , 18 julho 2018

Incêndio destrói área de vegetação às margens da RJ-116 em Baltazar, distrito de Pádua Assim como Itaocara, Miracema e São Fidélis, Pádua também decretou situação de emergência devido à seca

Assim como Itaocara, Miracema e São Fidélis, Pádua também decretou situação de emergência devido à seca

Enquanto a chuva não chega, a estiagem que assola os municípios do Norte e Noroeste Fluminense continua provocando morte de animais, desaparecimento de açudes e córregos, além das queimadas.

Mais um incêndio foi registrado na região na noite deste domingo (08/10). Uma grande área de vegetação às margens da RJ-116 foi destruída por uma queimada em Baltazar, distrito de Santo Antônio de Pádua. Assim como Itaocara, Miracema e São Fidélis, Pádua também decretou situação de emergência devido à seca.

Seca em Pádua 

Em Pádua, segundo a prefeitura, a seca já causou a perda de 50% da produtividade leiteira, de 80% perda na lavoura, 2,5% de perda de rebanho bovino, em um total de 57.000 cabeças com a perda de 1.425 animais e 80% de perda na piscicultura dos pescadores cadastrados, com 120 pescadores afetados.

De acordo com a prefeitura, Pádua teve um aumento considerável na utilização de insumos e no número de internação por problemas respiratórios, aumentando em mais de 100% os casos de pneumonia em relação ao mesmo período do ano anterior, elevando custo com a saúde.

De janeiro até hoje (05/10) foi registrado apenas 367mm de chuva, bem abaixo da média histórica, que é de 620,94 mm, uma queda de 41%, conforme dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).


Mais do SFn