quarta-feira , 16 janeiro 2019

Instituto Vital Brazil alerta para aparecimento de animais peçonhentos no verão Durante a estação, possibilidade de aparecimento de cobras, aranhas e escorpiões é ainda maior

Durante a estação, possibilidade de aparecimento de cobras, aranhas e escorpiões é ainda maior

O Instituto Vital Brazil, vinculado à Secretaria de Estado de Saúde do Rio, fez um alerta à população sobre a possibilidade de aparecimento de maior quantidade de animais peçonhentos, como cobras, aranhas e escorpiões durante o verão, principalmente em áreas de encosta e em zonas rurais. A estação começa oficialmente na noite desta sexta (21).

De acordo com Claudio Maurício Vieira, biólogo do instituto, é nesta época do ano, quando as temperaturas ficam mais altas, que nascem os filhotes das serpentes. Desde o início deste mês, o instituto já recebeu oito Bothrops jararaca, comum no Rio de Janeiro.

O biólogo afirma que, dependendo da espécie, podem nascer até 50 filhotes em uma só ninhada. O fato de serem pequenos e em maior número que as cobras adultas faz com que os filhotes representem risco extra, porque são de difícil observação. 

Ele destacou que os escorpiões, cujo aparecimento era mais frequente no inverno, têm sido encontrados durante todo o ano. Isso ocorre porque essa estação não é mais definida por frio intenso. Em São Fidélis, por exemplo, moradores de vários bairros e distritos relataram o aparecimento de escorpiões. Na quarta (19) duas pessoas foram picadas. Reveja AQUI.

Já quanto a aranhas e lacraias, está havendo aumento de atividade no verão, por causa da alta umidade. Segundo Vieira, esses animais costumam descer as encostas e chegar até as áreas urbanas.

Para evitar acidentes, o instituto recomenda que as pessoas deixem a casa limpa, removendo entulho e material de construção. Devem ainda rebocar muros e paredes e limpar armários e guarda-roupas por dentro e por fora. Outra recomendação é manter a grama aparada e os arredores da casa, limpos, para evitar o surgimento de bichos que sirvam de comida para os animais peçonhentos, entre os quais ratos e baratas.

Fonte: Agência Brasil


Mais do SFn