segunda-feira , 15 outubro 2018

Internada com doença rara, adolescente fidelense melhora, mas ainda precisa de doações de sangue Pai da adolescente desmentiu mensagens que circulam nas redes sociais

Pai da adolescente desmentiu mensagens que circulam nas redes sociais

Permanece internada no Hospital Armando Vidal a adolescente Júlia de Souza Campos, de 14 anos. A menina tem uma doença rara chamada Púrpura Trombocitopênica, um distúrbio autoimune caracterizado pela destruição das plaquetas, células produzidas na medula óssea e ligadas ao processo de coagulação inicial do sangue.

De acordo com a família, a situação clínica da adolescente melhorou. Ela recebeu alta da UTI e foi para a enfermaria. Mesmo com a melhora, a adolescente ainda precisa de doações de sangue. Júlia passou mal nesta sexta (29) quando estava no colégio e foi levada ao Hospital Armando Vidal. Lá, foi constatado que o número de plaquetas está muito baixo.

Mentira nas redes sociais > A família desmentiu uma mensagem que foi postagem no Facebook e também circula em grupos de WhatsApp. A mensagem diz que a adolescente teve uma piora e que precisa de doações com muita urgência.


Mais do SFn