sexta-feira , 9 dezembro 2016
kombi saude itaocara 2

Itaocarenses reclamam de transporte público precário para tratamentos de saúde

kombi saude itaocara 1
Fotos: Leitor, via whatsapp.

Moradores de Itaocara que necessitam de tratamento para insuficiência renal estão reclamando da precariedade do transporte público disponibilizado para viagens a outros municípios, já que alguns procedimentos não podem ser feitos no hospital local, como a hemodiálise.

Segundo os pacientes e familiares, uma van, em bom estado, levava os passageiros para Santo Antônio de Pádua. No entanto, o Prefeito de Itaocara, Gelsimar Gonzaga, teria feito uma troca, passando a van para viagens até o Rio de Janeiro. No lugar, foi colocada uma kombi em condições ruins.

Um leitor do SF Notícias, que preferiu não se identificar, enviou fotos da kombi quebrada na localidade de Duas Porteiras, na zona rural do município, um dos locais do trajeto onde existem pacientes. As fotos foram tiradas ontem (01.09), por volta das 12h. Segundo o denunciante, os pacientes ficaram cerca de duas horas esperando no sol, no retorno para casa, após fazerem os tratamentos em Pádua. Esta não foi a primeira vez que o veículo apresentou problemas. Pelo contrário, o fato vem se tornando rotineiro.

– A kombi pega pacientes em Jaguarembé, vai em Duas Porteiras, passa no Centro (de Itaocara) e pega mais pacientes, um deles na divisa de Cambiasca, e depois vai para Pádua, isso três vezes por semana. Minha mãe faz hemodiálise e vai na kombi. Ela me disse que fica com o corpo todo dolorido, pelos solavancos que a kombi dá. Vale dizer que a viagem de ida é feita de madrugada. Desta vez quebrou na volta. Imagina se quebra em Cambiasca, de madrugada? Sem telefone? – reclamou o leitor, que lembrou ainda que a mãe já perdeu uma sessão de hemodiálise porquê o veículo de transporte estava quebrado.

kombi saúde itaocara 3

SFn