terça-feira , 26 setembro 2017

Jiboia de quase dois metros morre ao ser atropelada em São Fidélis Como esta época do ano é mais seca na região, a cobra poderia estar atravessando a rua à procura de água

Como esta época do ano é mais seca na região, a cobra poderia estar atravessando a rua à procura de água

Fotos: Redação SF Notícias

Uma cobra da espécie jiboia morreu após ter sido atropelada por um carro na noite desta quarta-feira (02/08) em São Fidélis. O animal, que aparenta ter quase dois metros, estava na Rua Duque de Caxias, próximo a um posto de gasolina. Segundo os moradores, que tentaram salvar o animal, vários carros ainda desviaram da cobra para não atingir o animal. A cobra chegou a ser retirada da rua pelos moradores e colocada na calçada.

Por ser um animal silvestre, o atropelamento caracteriza crime, previsto no art. 32 da Lei Federal 9.605/98 “é crime praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”. A pena, de detenção de três meses a um ano, pode ser aumentada de um sexto a um terço quando ocorre a morte do animal.

Como esta época do ano é mais seca na região, a cobra poderia estar atravessando a rua à procura de água. Ao encontrar um animal em via pública, a população deve acionar o Corpo de Bombeiros para resgatá-lo e até mesmo a Polícia Ambiental. A jiboia não é peçonhenta e é a segunda maior serpente que pode ser encontrada no Brasil.


Mais do SFn

SFn