Laje do Muriaé completa 52 anos de emancipação

laje do muiraé
Fotos: Léo Dubary/Reprodução

O pequeno município de Laje do Muriaé, no Noroeste Fluminense do Estado, completa hoje 52 anos de emancipação política e administrativa. O nome do município é uma referência a uma grande pedra existente no Rio Muriaé.

Até o século XIX, a região era habitada pelos índios Puris. Por volta de 1832, três homens de origem portuguesa (José Ferreira César, José Bastos Pinto e José Garcia Pereira) chegaram à região, vindos de Muriaé, iniciando a colonização de origem portuguesa da região. Em 16 de abril de 1889, no período final da monarquia brasileira, a cidade promoveu uma conferência republicana com a presença de Nilo Peçanha. A conferência foi atacada por forças monarquistas, no episódio que ficou conhecido como “as garrafadas de Laje do Muriaé”. Em 1962, a cidade emancipou-se do município de Itaperuna.

laje do muriaéLocalizada a 172 metros de altitude, com 250,518 km² de extensão, contando com uma população de 7 491 habitantes, Laje do Muriaé possui o Produto Interno Bruto(PIB) avaliado em R$63 563,879 mil, e o PIB per capita em R$ 7 949,46.

“Em um dia especial como este é momento de agradecer a Deus por todos os avanços e conquistas, e lançarmos os olhares para o futuro com disposição e confiança em vista dos grandes desafios. Aqui chegamos pela fé e pelo trabalho, importa avançar em busca de novas conquistas. Parabéns povo sofrido e guerreiro de Laje, vamos à luta!” disse o prefeito Rivelino Bueno em uma rede social


Mais do SFn