leo santos 2

Léo Santos inicia preparação para luta do UFC com bateria de testes em Macaé

leo santos 1
Fotos: divulgação

O lutador Leo Santos iniciou nesta segunda-feira (7), no Laboratório de Pesquisa e Inovação em Ciência do Esporte (Lapice), na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ-Campus Macaé), a preparação para a próxima luta no UFC marcada para o dia 14 de maio, contra o norte-americano Evan Dunham, em Curitiba (PR). O atleta chegou à Capital Nacional do Petróleo pela manhã e realizou a primeira bateria de testes físicos, além da avaliação nutricional, que seguirá até o dia do confronto.

O atleta já fez a preparação para outras lutas no mesmo local, e é acompanhado pelos profissionais do laboratório desde então. Além dele, outros atletas de ponta são objetos de pesquisa do Lapice. O também lutador do UFC, José Aldo, realizou estes mesmos testes antes de uma de suas lutas no ano passado. Em outros esportes, o time do Macaé Basquete, que disputa o NBB, a equipe do Campos, que jogou a Série C do Campeonato Estadual de Futebol na temporada passada e a bodyboarding macaense Jéssica Becker também fazem avaliações no local.

“Como de costume vim ao Lapice fazer a bateria de exames e a minha dieta. Está tudo caminhando bem para o dia 14 de maio. É uma relação de trabalho muito boa, já estou no quinto camping com o Lapice e está dando muito certo”, destacou Leo Santos.

A coordenadora do LAPICE, Beatriz Ribeiro, lembrou a importância do trabalho de desenvolvimento em ciência no esporte realizado em Macaé. A pesquisadora contou que hoje o laboratório recebe atletas reconhecidos mundialmente para os testes. O projeto é uma parceria da UFRJ com a Fundação de Esportes de Macaé (Fesporte) da prefeitura.

“Esse trabalho coloca Macaé na ponta da pesquisa atrelada a presença da universidade no município. Uma das coisas importantes é trazer os pesquisadores que possam desenvolver projetos e que esses passem a ser destaque, no nosso caso em nível mundial, e assim se tornando centro de excelência. Hoje, há atletas de ponta que fazem o caminho inverso, vem do Rio para fazer as avaliações em Macaé. Para o município é um mérito muito grande, isso mostra a qualidade do trabalho. Isso motiva os atletas macaenses e as pessoas a buscarem mais a excelência”, destacou Beatriz Ribeiro.

leo santos 3O presidente da Fesporte, Thales Coutinho, exaltou a parceria do poder público municipal com a universidade federal. Alguns profissionais do laboratório são cedidos pela Fundação de Esportes para desempenhar o trabalho de pesquisa, colocando o nome de Macaé no cenário mundial neste ramo. Muitos dos estudos realizados com atletas de ponta são publicados através de artigos em revistas de diversos países.

“É uma parceria de muito sucesso. Toda a parte de conhecimento aplicado ao esporte é importante. Essa parceria atende a vários atletas de alto rendimento da cidade, região e até mundialmente conhecidos. Tudo isso acontece pela excelente estrutura e com profissionais altamente gabaritados”, disse Thales.

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *