terça-feira , 6 dezembro 2016
cordeiro 1

Macuco e Cordeiro irão receber caravana de teatro e literatura

ASDFGHJKL
Fotos: Divulgação

Começa no Complexo Cultural de Nova Iguaçu a I Caravana Fluminense de Teatro & Literatura, projeto da Secretaria de Cultura, com o apoio da Escola Técnica Estadual de Teatro Martins Pena. No dia 8 de agosto, das 17 h às 21h30, o espaço cultural vai receber espetáculos teatrais de alunos de artes cênicas e de grupos locais de teatro, além de bate-papo sobre o intercâmbio entre as produções teatrais e literárias.

O objetivo é levar espetáculos e debates aos municípios e proporcionar encontros entre artistas locais para estimular o debate de ideias sobre a produção cultural. Nova Iguaçu é apenas a primeira parada da caravana, que irá passar por pelo menos mais 12 municípios do estado até dezembro.

Nos próximos meses, a trupe também irá seguir viagem por Seropédica, Queimados, Casimiro de Abreu, Cordeiro, Tanguá, Quissamã, Macuco, Santa Maria Madalena, Magé, Itaboraí, Volta Redonda e Barra do Piraí. Além de contar com o apoio das prefeituras locais, a caravana também será feita em parceria com a editora Cobogó, que fará doações de livros durante as ações.

A programação da primeira viagem do comboio, na Baixada Fluminense, começa às 17h, com a apresentação da Companhia de Artes Cênicas da cidade de Nova Iguaçu, que fará uma leitura dramatizada do texto Dois perdidos numa noite suja, de Plínio Marcos.

Depois, a maratona teatral segue com a apresentação do espetáculo Pequeno Teatro Nervoso, de Luiz Carlos Góes, encenado por alunos da Martins Pena. A direção da peça, que começa às 18h30, é de Mônica Lazar, professora da escola.

Após o fim da peça, a discussão literária entrará em cena, das 20h às 21h, com o debate sobre o tema Literatura e Teatro – Que conversa é essa?.

O bate-papo vai contar com a participação de Mônica Lazar, Joaquim Vicente da Fares, produtor de cinema e teatro; Ana Lúcia Pardo, atriz, jornalista e gestora cultural e Jorge Cardozo, poeta e gestor cultural de Nova Iguaçu. A superintendente da Leitura e do Conhecimento, Vera Schroeder, fará a mediação.

SFn