Macuco em luto após morte de “Primo”, figura querida na cidade Personagem da história de muitos macuquenses, Primo foi encontrado morto na manhã de quinta-feira (06) no quarto onde morava

Personagem da história de muitos macuquenses, Primo foi encontrado morto na manhã de quinta-feira (06) no quarto onde morava

Fotos: reprodução do Facebook

Ele era o cara! Uma pessoa boa que nunca fez mal a ninguém, nunca faltou o respeito com ninguém, sempre humilde, brincalhão, querido por todos. É assim que os moradores de Macuco, na Região Serrana do Rio de Janeiro, descreveram nas redes sociais o Carlos Luiz da Silva Barbosa, ou o “Primo”.

Personagem da história de muitos macuquenses, Primo foi encontrado morto na manhã de quinta-feira (06) no quarto onde morava, local cedido pela prefeitura. Antes de ir para este local, Carlos morou em um caminhão abandonado por um pouco mais de dois anos. Ele vivia com doações dos amigos que formou no município.

Aos 31 anos, Primo deixou saudades e lembranças de suas participações em eventos realizados em Macuco. “Ele ia a todos os eventos. Você já sabia que iria encontraram com ele lá”, disse um dos leitores. O último evento que Primo participou antes de falecer foi a Corrida Rústica de São João Batista. Ele correu por cerca de 10 km pelas ruas do município.

“Que falta você vai fazer primo. Na nossa última conversa você queria pagar meu café 😓😓. Macuco está de luto por você. Que Deus te receba de braços abertos”, postou uma moradora no Facebook.

Outra moradora disse que o município com um pouco mais de 8 mil habitantes irá sentir eternamente a sua falta. “Macuco sentirá sua falta eterno Primo!”.

De acordo com o laudo do Instituto Médico Legal de Nova Friburgo, para onde o corpo de “Primo” foi levado antes do enterro, diz que ele foi vítima de um infarto do miocárdio.

Fez algum registro? Mande fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (22) 99793-8976. Baixe agora o aplicativo do SFn no seu celular! https://goo.gl/w4WvaY.


Mais do SFn

SFn