quinta-feira , 13 dezembro 2018

Maior eclipse lunar do século atraiu dezenas de olhares na região Em algumas cidades, grupos se reuniram para assistir ao espetáculo

Em algumas cidades, grupos se reuniram para assistir ao espetáculo

Foto: Bruno Sóta

Um fenômeno astronômico chamou a atenção para o céu no anoitecer desta sexta-feira (27/07). Dezenas de moradores da região observaram e registraram o maior eclipse lunar do século, que durou cerca de uma hora e 40 minutos.

Aos poucos, a lua foi tomada pela sombra da Terra. O espetáculo foi ainda maior por conta da cor que a Lua despontou, com um efeito laranja avermelhado que dá nome à Lua de Sangue.

Em Campos, mais de 50 pessoas se reuniram em Morro do Coco, no alto do morro da torre, com visão privilegiada do horizonte para observar o eclipse.  

Pais e mães levaram seus filhos e muitos jovens também participaram do evento, organizado por Adonis Teixeira de Azevedo, do Clube de Astronomia Louis Cruls (foto ao lado). Depois do fenômeno, eles permaneceram no local para observar os planetas Marte, Saturno e Júpiter, que estavam mais visíveis.

Em São Fidélis o fotógrafo Bruno Sóta registrou o fenômeno na Vila dos Coroados. Em Pádua, o eclipse foi registrado pelo Fábio Gonçalves (foto da capa).

Foto: Clube de Astronomia Crux

Já em Macaé, integrantes do Clube de Astronomia Crux, se reuniram no posto 1 na Praia dos Cavaleiros e também em Rio das Ostras. O objetivo do clube foi tornar a ciência acessível a quem se interessa e abordá-la da forma mais simples e prática possível: olhando para o céu. Mais de 500 pessoas estiveram presentes nos dois pontos de observação.

Outros leitores também mandaram fotos. A Cristina Braga fez o registro no bairro Parque Tinola, em São Fidélis. Já a Jéssica Veríssimo, no Cidade Nova, em Pádua.

continua após a foto

O próximo eclipse lunar deve acontecer na madrugada do dia 21 de janeiro de 2019. Ele deve durar 58 minutos e seu ponto máximo se dará às 3h12, em São Paulo, pelo horário de Brasília.


Mais do SFn