quarta-feira , 22 novembro 2017

Mais de 15 mil animais morreram na região com fome e sede Bom Jesus do Itabapoana, Itaocara, Laje do Muriaé, Miracema, Santo Antônio de Pádua, Cambuci, Cardoso Moreira, Italva, Itaperuna, Natividade, São Fidélis, São José de Ubá, São João da Barra e Varre-Sai decretaram emergência

Bom Jesus do Itabapoana, Itaocara, Laje do Muriaé, Miracema, Santo Antônio de Pádua, Cambuci, Cardoso Moreira, Italva, Itaperuna, Natividade, São Fidélis, São José de Ubá, São João da Barra e Varre-Sai decretaram emergência

Fotos: Prefeitura de São Fidélis

Segundo dados apresentados em decretos de emergência devido à seca por municípios das regiões Norte e Noroeste Fluminense, mas de 15 mil animais morreram com fome e sede. Em São Fidélis, município que mais sofre com a estiagem, morreu mais de 120 cabeças de gado.

Segundo a Defesa Civil do município, foram registrados apenas 42.07 mm de chuva nos últimos quatro meses, um volume bem abaixo da média para este período que é de 153,39 mm.  Em decorrência disso, as entidades ligadas ao setor agropecuário constataram grandes prejuízos econômicos.

Em setembro de 2014, a Prefeitura também decretou situação de emergência. Entretanto, o decreto não foi reconhecido pela União. Na época, a cidade vivia a pior seca de sua história e ainda assim não recebeu nenhuma ajuda do Governo Estadual ou Federal.

Este ano, a seca também afeta os municípios de Bom Jesus do Itabapoana, Itaocara, Laje do Muriaé, MiracemaSanto Antônio de Pádua, CambuciCardoso MoreiraItalvaItaperuna, Natividade, São José de Ubá, São João da Barra e Varre-Sai. Recentemente, o governador Luiz Fernando Pezão homologou a situação de emergência em Bom Jesus do Itabapoana, Itaocara, Laje do Muriaé, Miracema, Santo Antônio de Pádua e São Fidélis.

Abastecimento de água

O baixo nível dos rios Paraíba do Sul, Macuquinho, Pomba, Muriaé, Carangola e Itabapoana, que abastecem os municípios da região, levou a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) reduzir o abastecimento de água em Miracema, Varre-Sai, Macaé e Porciúncula, além de CantagaloCordeiro e Duas Barras.

Em São Fidélis e Cardoso Moreira, algumas localidades da zona rural estão sendo abastecidas com caminhão pipa. Em São Fidélis o problema afeta Cambiasca,  Tadua, Penedo e Esperança.

Queimadas 

As queimadas também castigam os municípios. Em São Fidélis, o Destacamento do Corpo de Bombeiros é acionado todos os dias para combater um foco de incêndio, assim como em outras cidades da região. Só em Miracema, aproximadamente 1.500 hectares já foram destruídos por incêndios.


Mais do SFn