quarta-feira , 26 fevereiro 2020

Mais de 15 mil policiais militares farão a segurança no RJ no Réveillon O esquema especial de policiamento começa a ser empregado às 6h dessa terça-feira (31/12) e segue até a manhã de quarta-feira, primeiro dia de 2020

O esquema especial de policiamento começa a ser empregado às 6h dessa terça-feira (31/12) e segue até a manhã de quarta-feira, primeiro dia de 2020

O esquema de segurança da Secretaria de Estado de Polícia Militar para este réveillon mobilizará mais 15 mil policiais militares e cerca de 2 mil viaturas para atuar em todo o território estadual. O esquema especial de policiamento, com atenção especial para a orla da Capital, Niterói, Região dos Lagos e Costa Verde, começa a ser empregado às 6h dessa terça-feira (31/12) e segue até a manhã de quarta-feira, primeiro dia de 2020. Para garantir a segurança da maior festa de réveillon do país, na Praia de Copacabana, a Polícia Militar mobilizará 2.049 policiais e 112 viaturas. Trinta torres de observação estarão posicionadas pela orla de Copacabana – 13 na areia e 17 no calçadão. As torres são pontos estratégicos onde os policiais, equipados com rádios transmissores, conseguirão irradiar o policiamento a pontos sensíveis, dividindo a área em quadrantes, facilitando a ação das forças policiais. (continua após a publicidade)

Em Copacabana, também haverá policiamento com cães e a cavalo. Cidades que tradicionalmente atraem um grande público para os festejos de fim de ano, como Niterói, Maricá, Cabo Frio e Angra dos Reis, também terão seu policiamento bastante reforçado. Além do patrulhamento convencional, serão deslocados policiais em apoio para essas regiões. Os policiais militares atuarão em conjunto a ações de ordem pública a cargo das prefeituras municipais. Já o plano especial de patrulhamento na malha rodoviária do estado entrou em operação no dia 23 de dezembro último e se estenderá até o dia 02 de janeiro de 2020. Planejado pelo Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), o plano conta com a participação de outras unidades da Corporação, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e de concessionárias de rodovias. Foram mobilizados 636 policiais militares e 55 viaturas para atuar em pontos estratégicos e garantir a segurança dos usuários, tanto para evitar acidentes de trânsito como para inibir ações criminosas.  Uma aeronave do GAM dará apoio ao esquema de policiamento, sobrevoando as rodovias de maior movimento.

Mais do SFn