Mais segurança nas escolas e motos para patrulhamento na zona rural de São Fidélis Comandante da 4ª CIA começou a visitar escolas para conhecer as necessidades e melhorar a segurança dos alunos e professores

Comandante da 4ª CIA começou a visitar escolas para conhecer as necessidades e melhorar a segurança dos alunos e professores

Diante do massacre ocorrido na Escola Estadual Professor Raul Brasil no município de Suzano, em São Paulo, a Polícia Militar em São Fidélis está tomando medidas para que algo semelhante ou, qualquer caso de violência, não aconteça em escolas do município.

O comandante da 4ª Companhia de Polícia Militar, o capitão Blanc, visitou a Escola Municipal Mestra Maria Firmina e conversou com o diretor, Chardel Macedo, para saber melhor da rotina da unidade e como melhorar a segurança dos alunos e professores. Segundo o comandante, outras unidades serão visitadas.

Na semana passada, estudantes relatarem em um grupo de conversa que iriam levar facas para dentro do Colégio Estadual de São Fidélis, o que gerou uma apreensão entre alunos e professores. Assim que a direção tomou ciência do fato, acionou a Polícia Militar como medida preventiva. Desde então, o policiamento foi reforçado nas proximidades de escolas.

“Já estamos reforçando o patrulhamento nas escolas, principalmente nos horários de entrada e saída dos alunos”, disse o comandante, que em primeira-mão, anunciou a chegada de duas motos para ampliar o patrulhamento na zona rural da cidade.

“As motos são da PM e estavam na sede paradas por falta de recursos para consertá-las. Consegui trazer elas para São Fidélis após a Prefeitura ter se comprometido a consertá-las. Eu irei usá-las nas portas das escolas e também no patrulhamento rural.”, concluiu o comandante.


Mais do SFn