quarta-feira , 22 novembro 2017

Manifestantes pedem mais segurança de trabalho para policiais em ato na Praia de Copacabana Somente este ano 11 policiais foram mortos no Estado

Somente este ano 11 policiais foram mortos no Estado

Fotos: Divulgação

Parte da Praia de Copacabana, no Rio, amanheceu de luto na manhã deste domingo (15/01). Cartazes foram pendurados e cruzes espalhadas na areia em um ato que pede mais segurança de trabalho para policiais.

O protesto silencioso é realizado por manifestantes e organizações que apoiam as polícias Civil e Militar do Rio. As cruzes de cor preta representam os agentes mortos no Estado.

Somente nos primeiros 15 dias de 2017, 11 policiais foram mortos. Alguns cartazes trazem fotos das vítimas, assassinadas em confronto com criminosos.

A última morte foi registrada na Baixa Fluminense, na madrugada deste domingo. O sargento Cristiano Anunciação Macedo estava de folga quando tentava apartar uma briga e acabou sendo atingido por tiros próximo a um Clube, em São João do Meriti. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu.


Mais do SFn