segunda-feira , 18 dezembro 2017

Médicos em greve no único hospital de Itaocara

novo hospital 1
Fotos: Vinnicius Cremonez

A região Noroeste do Estado do Rio de Janeiro, vive um caos na saúde pública. Depois de Cambuci, a situação se repete em Itaocara, onde todos os médicos do único hospital do município, cruzaram os braços na manhã desta quarta-feira(17).

Todos os médicos credenciados pela prefeitura de Itaocara, que prestam serviços médicos, cirúrgicos, anestésicos, ambulatoriais e ultrassônicos, suspenderam os atendimentos por falta de pagamento referente ao mês de agosto.

Quem foi até a unidade durante esta quarta, foi pego de surpresa com os cartazes colados pelos médicos informando a suspensão dos atendimentos, que segundo eles, voltaram ao normal assim que o dinheiro entrar na conta. Ainda segundo os médicos, os atendimentos de emergência estão sendo feitos normalmente de acordo com o regulamento do CREMERJ.

ITAOCARA PREFEITURAA prefeitura de Itaocara divulgou uma nota em seu site, confirmando que médicos e prestadores de serviços em geral, estão sem seus pagamentos. A prefeitura informou que possui dinheiro para fazer o pagamento, mas que precisa da autorização da Câmara Municipal de Vereadores.

O problema está ocorrendo devido um pedido de suplementação feito pela prefeitura, mas que não foi aprovada pelos vereadores. Ainda segundo a prefeitura, os pacientes também podem ficar sem remédios.

Ainda de acordo com a prefeitura, o Itaprev também fez um pedido de suplementação, e os aposentados podem ficar sem seus pagamentos caso os vereadores não aprovem o pedido. A nota diz que os vereadores estariam fazendo jogo político, dificultando o avanço do processo.

ITAOCARA HOSPITAL


Mais do SFn