Menina de 2 anos vê o avô ser morto e escapa por pouco em São Fidélis Um dos tiros passou raspando a cabeça da menina e atingiu o pai, que guiava a moto onde os três estavam

Um dos tiros passou raspando a cabeça da menina e atingiu o pai, que guiava a moto onde os três estavam

Foto: SF Notícias

Uma menina de apenas dois anos de idade viu o momento em que o avô, João Batista Barbosa de Barros, de 49 anos, foi assassinado. Um dos tiros que acertou João passou raspando na cabeça da menina e atingiu o pai dela, que guiava a moto onde os três estavam. O crime aconteceu na localidade conhecida como Penedo, na altura do KM 10 da RJ-234, rodovia que liga Pureza, distrito de São Fidélis, a BR-356.

Segundo informações da Polícia Civil, os três estavam em uma moto voltando de uma pescaria, rotina que fizeram nos últimos três dias. Em um determinado momento, A.B.B., de 22 naos, viu um veículo se aproximando e diminuiu a moto para dar passagem ao carro modelo Fiat de cor vinho, mas nesse momento, os ocupantes do automóvel – havia quatro pessoas no carro – efetuaram um tiro de espingarda calibre 12.

Foto: Gilma Sanna – Italva em Foco

O tiro atingiu João, passou raspando na cabeça da menina e atingiu as costas de A.B.B. Os três acabaram caindo em uma valeta ao lado da rodovia. Mesmo baleado, A.B.B. pegou a filha e saiu correndo e conseguiu se esconder em um matagal.

Para ter certeza da morte, os ocupantes do carro desceram e foram até João, onde efetuaram um disparo na nunca da vítima. A.B.B foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Hospital Moacyr Gomes de Azevedo, em Cambuci, onde foi atendido e liberado.

Após perícia no local, o corpo de João foi removido pelo rabecão e encaminhado para o Instituto Médico Legal de Campos. O caso segue sendo investigado pela 141ª Delegacia Legal de São Fidélis.


Mais sobre este assunto

Mais do SFn

SFn