Mesários e eleitor morrem após passarem mal em locais de votações no Estado Em Cordeiro, na Região Serrana, um eleitor morreu

Em Cordeiro, na Região Serrana, um eleitor morreu

Fotos: SF Notícias

Dois mesários morreram após passarem mal em locais de votação no Estado do Rio de Janeiro durante este segundo turno de eleições. Os casos aconteceram na Tijuca, Zona Norte do Rio, e em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Em Cordeiro, na Região Serrana, um eleitor morreu.

No primeiro caso na Baixada, o mesário João Carlos Félix, de 50 anos, passou mal e morreu momentos após o início da votação, em uma das seções do Cefet de Santa Rita, em Nova Iguaçu. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas João morreu antes da chegada dos militares. A seção foi colocada em outra sala. Segundo o TRE-RJ, ele sofreu uma parada cardíaca.

Já no Tijuca Tênis Clube, a mesária Andreia Cristina Duarte Gouvea, de 51 anos, também morreu ao passar mal. Ela chegou a ser socorrida e encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região, mas não resistiu. Segundo o TRE-RJ, ela teria sofrido um infarto.

Na Região Serrana, em Cordeiro, um eleitor que não teve o nome divulgado morreu ao passar mal em um dos locais de votação. Segundo o Corpo de Bombeiros do município, ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu.


Mais do SFn