Morre segunda mulher que estava em casa incendiada por homem, em Friburgo Alessandra e Daniela eram amigas e estavam na casa de Alessandra; as duas foram trancadas no banheiro e a casa foi incendiada

Alessandra e Daniela eram amigas e estavam na casa de Alessandra; as duas foram trancadas no banheiro e a casa foi incendiada

Daniela morreu na quarta

Morreu na tarde desta sexta-feira (11/10) mais uma das mulheres que estavam em uma casa que foi incendiada por um homem em Nova Friburgo. Alessandra Vaz, de 47 anos, que teve 80% do corpo queimado, estava internada em estado grave em um hospital particular da cidade. A amiga dela, Daniela Mousinho, também de 47 anos, morreu na manhã da última quarta-feira (09/10) no Hospital Estadual Melchiades Calazans, em Nilópolis. Ela teve 90% do corpo queimado. As duas estavam na casa de Alessandra, que fica no condomínio Parque dos Alpes, às margens da RJ-142, no distrito de Mury, quando o ex-companheiro dela, Rodrigo Alves Marotti, de 30 anos, trancou as duas no banheiro e colocou fogo no imóvel. (continua após a publicidade)

Alessandra morreu nesta sexta

Segundo informações da Polícia Militar, após incendiar a casa, ele roubou o carro de Alessandra para fugir do local, mas acabou preso na manhã de quarta durante buscas feitas pela Polícia Militar e pela Polícia Civil. Ele foi encontrado no distrito de Lumiar e confessou o crime na delegacia. Rodrigo deve ser indiciado por feminicídio e roubo. Segundo informações da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Nova Friburgo, ele teria ido até a residência de sua ex-companheira e, após uma discussão, ateou fogo na casa com Alessandra e a amiga dentro. A DEAM informou ainda que ele foi transferido para o sistema penitenciário do estado nesta quarta-feira (09).

Mais do SFn