quinta-feira , 8 dezembro 2016
manifestação 2

Morte de Robson completa 2 anos, e família ainda luta por justiça

manifestação 3
Fotos: Vinnicius Cremonez

Nesta segunda-feira, dia 27, completa dois anos em que o jovem Robson Valente da Fonte, morreu após ser atropelado em São Fidélis. O acidente aconteceu na madruga de sábado, dia 27 de julho de 2013, na Avenida Emygdio Maia Santos, na Vila dos Coroados.

manifestação 4Robson que tinha 20 anos naquela época, retornava de um show no Parque de Exposições, e estava na companhia de outros três amigos, quando um carro, modelo HB20, foi na direção deles. Os amigos conseguiram pular e escapar, mas Robson foi atingido pelo veículo. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Hospital Armando Vidal, e transferido para o Hospital Ferreira Machado, em Campos, onde não resistiu aos ferimentos e morreu no dia seguinte.

O automóvel era conduzido pela ex-vereador Manoel Veiga Amaral, e segundo familiares e os amigos que estavam com Robson, o condutor do carro não teria prestado socorro ao jovem. Já de acordo com a Polícia Civil, o motorista disse que  parou no local e, em seguida, ido até a sede da 4º Companhia de Polícia Militar, que fica perto do local do acidente, e pedido ajuda dos policiais naquela época.

Ouvindo sempre os dois lados, o SF Notícias procurou a família de Robson e Veiga Amaral. Bastante emocionada, a mãe de Robson, Silvana Cristina, disse que nenhum familiar do ex-vereador, ou ele próprio, a procurou para dar alguma satisfação ou até mesmo apoio com relação ao acidente.

Com lágrimas escorrendo pelo rosto, ela disse que é difícil falar sobre o acidente, sobre a perda de um filho, e agora aguarda o desenrolar na justiça. Já Veiga Amaral, disse que está se recuperando de uma cirurgia no coração, e que por ordem médica, não poderia se envolver com emoções, ou seja, não poderia falar sobre o assunto. Veja abaixo a resposta dada por ele.

manifestação 1Me submeti a uma delicada e evaziva cirurgia no coração recentemente com quatro pontes de safena e uma mamária. Estou ainda me refazendo tanto da cirurgia como emocionalmente e no momento estou impossibilitado por ordem médica de me envolver com emoções, e este caso marcou muito minha vida, da minha família e da vítima. Infelizmente não posso atende-lo. Mais tenho convicção que a Justiça irá tomar a decisão justa. Abraços“.

Amigos e familiares de Robson fizeram uma manifestação cobrando por justiça. Eles fecharam fecharam a principal avenida do bairro Vila dos Coroados e, em seguida, foram em direção ao centro da cidade, onde passaram pela casa do ex-vereador e terminaram na porta da delegacia.

O Ministério Público Estadual, ofereceu uma denúncia contra o ex-vereador por praticar homicídio culpuso na direção de veículo automotor (Artigo 302 – Lei 9.503/97) §1º, III e conduzir veículo automotor sob a influência de álcool ou outra substância psicoativa (Artigo 306 – Código trânsito Brasileiro)

Uma audiência de Instrução e Julgamento está marcada para o dia 13 de outubro, às 14h30, no Fórum Francisco Polycarpo, no centro de São Fidélis. Tentamos falar com alguns dos quatro advogados que fazem a defesa do ex-vereador, mas não conseguimos.

morte de robson

SFn