sexta-feira , 13 dezembro 2019
Foto: Vinnicius Cremonez - SF Notícias

MPF encontra irregularidades no hospital de Cambuci

hospital de cambuci foto vinnicius cremonez
Fotos: Vinnicius Cremonez

O Ministério Público Federal segue fazendo vistorias em unidades hospitalares da região. Após passar por hospitais de Campos dos Goytacazes, São João da Barra e São Francisco de Itabapoana, dessa vez a equipe esteve no Hospital Filantrópico Moacyr Gomes de Azevedo, no centro de Cambuci, unidade que vive um caos na saúde desde julho do ano passado, quando chegou a fechar as portas por alguns dias.

A vistoria do MPF em Cambuci começou por volta das 10h da manhã dessa sexta-feira (15). Várias irregularidades foram encontradas, entre elas, a presença de aproximadamente 2.000 medicamentos vencidos de vários tipos, maior quantidade encontrada em vistorias. Os medicamentos estavam em um local usado como farmácia da unidade.

Segundo informações da Polícia Civil duas pessoas foram encaminhadas para a 142ª Delegacia Legal de Cambuci, mas transferidas para a 155ª Delegacia Legal em São Sebastião do Alto, responsável pelos flagrantes na área do 36º BPM neste final de semana. Os detidos foram o farmacêutico responsável e outro funcionário também da farmácia do hospital. Eles foram ouvidos e liberados em seguida. O caso será investigado pelo MPF e pela Polícia Civil.

Problemas no passado recente:

Não são novidades os problemas no Hospital Filantrópico Moacyr Gomes. Em julho de 2014, o local foi fechado por um impasse entre a Prefeitura Municipal e a direção da unidade, que alegou não ter recebido um repasse de cerca de R$ 1 milhão. A prefeitura, por sua vez, deu um parecer dizendo que não liberou a verba prevista pois o hospital não fez toda a prestação de contas necessária. Na ocasião, vários pacientes ficaram sem atendimento de emergência.

Já no último dia 05 de janeiro, um vazamento em um dos cilindros de oxigênio do hospital assustou pacientes e moradores vizinhos. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o acidente teria ocorrido por um estouro em uma válvula de contenção de um dos cilindros, o que provocou vazamento e um princípio de incêndio, que foi rapidamente controlado.

hospital de cambuci foto vinnicius cremonez 2

Mais do SFn