quarta-feira , 26 junho 2019

Músico é encontrado morto dentro de carro que caiu em ribanceira, em Friburgo Ontem (09), a família de Sergio Knust registrou uma ocorrência de desaparecimento. A última postagem de Sérgio foi às 21h24 de sábado (08), quando ele postou um vídeo, que seria de sua última apresentação

Ontem (09), a família de Sergio Knust registrou uma ocorrência de desaparecimento. A última postagem de Sérgio foi às 21h24 de sábado (08), quando ele postou um vídeo, que seria de sua última apresentação

O músico Sérgio Knust, de 52 anos, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (10/12) dentro do carro que caiu em uma ribanceira, em Nova Friburgo. O carro foi encontrado na manhã de hoje atrás de uma gráfica na RJ-130, altura do KM 4,5, em Córrego Dantas.

Sérgio foi visto por último no sábado (08) em uma apresentação na Queijaria Suíça. A suspeita é de que ele tenha sofrido um acidente no sábado, após deixar o local que fica na mesma rodovia. A última postagem de Sérgio nas redes sociais foi às 21h24 de sábado, quando ele postou um vídeo, que seria de sua última apresentação.

continua após o vídeo

A todos que se mobilizaram em orações e buscas, nossos sinceros agradecimentos. Infelizmente coube a mim informar que meu irmão deixa esse mundo. Seu carro foi encontrado hoje, após uma capotagem, e ele não resistiu. Estamos com o coração triste, em oração, pra que ele seja recebido em paz junto a Deus!“, postou a irmã do músico, Andréa Knust.

O local onde o carro foi encontrado será periciado. O corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O caso é investigado pela 151ª Delegacia Legal de Friburgo.

Sérgio estudou na Escola de Belas Artes da UFRJ e é bacharel em violão pelo Conservatório Brasileiro de Música. Na década de 1990 passou a trabalhar com Val Martins, ex-integrante do Yahoo, banda da qual também foi integrante. Mais tarde, o instrumentista conheceu Lenilton, do Novo Som e logo passou a se apresentar com a banda como instrumentista contratado. Depois gravou com vários artistas do segmento religioso como Aline Barros, Bruna Karla, Cassiane, Davi Sacer, Eyshila, Fernanda Brum e Voices. 

Na década de 2000, Sérgio também foi autor de músicas de notoriedade na cena brasileira, como “Não Resisto a Nós Dois” (Wanessa Camargo), “Toque de Mágica” (Pedro & Thiago) e “Um Degrau na Escada” (Chico Rey & Paraná). Já gravou por diversas vezes com Xuxa e participou da trilha-sonora de várias telenovelas da Rede Globo.


Mais do SFn