Foto: Marcos Serra Lima / G1

Natural de Cantagalo, carnavalesco Tarcisio Zanon é campeão do grupo especial com a Viradouro, no Rio Desfile mostrou as atividades que as Ganhadeiras exerciam; acompanhado de Marcus Ferreira, Tarcisio mostrou mais uma vez o seu talento e potencial

Desfile mostrou as atividades que as Ganhadeiras exerciam; acompanhado de Marcus Ferreira, Tarcisio mostrou mais uma vez o seu talento e potencial

Fotos: Leandro Lucas/ Renata Xavier

Nesta quarta-feira de Cinzas (26/02) o município de Cantagalo, na Região Serrana do Rio, se orgulhou com a conquista de um talento da terra. Natural do distrito de Santa Rita da Floresta, filho de Guilherme Antônio Zanon de Souza e Aparecida Cruz Souza, Tarcisio Zanon, foi o carnavalesco Campeão com a Viradouro no Grupo Especial do Carnaval no Rio de Janeiro, ao lado de Marcus Ferreira. O cantagalense iniciou sua vida artística muito jovem, quando sem nenhum curso de arte ou ensinamento, começou a desenvolver seu talento na pintura de quadros. Ainda muito jovem, foi carnavalesco da Escola de Samba de Santa Rita da Floresta onde deu início a vida artística envolvendo-se com a maior festa popular do Brasil. Tarcisio é formado no curso de Designer Gráfico e tem pós-graduação na Universidade Veiga de Almeida em “Carnaval e Figurino”. Em 2014 ele foi convidado pela Estácio de Sá para ser assistente de carnaval do carnavalesco Jack Vasconcelos. Já em 2015, foi campeão junto do carnavalesco Amauri Santos, alcançando a elite do Carnaval carioca. No ano seguinte, trabalhou no Grupo especial com Chico Spizona, ganhando o Prêmio de Estandarte de Ouro com a Ala das Baianas. (continua após a publicidade)

Fotos: Leandro Lucas/ Renata Xavier

No ano passado, como carnavalesco da Estácio de Sá foi campeão da Série “A”,  levando a escola de volta ao Grupo Especial. Nesse ano ele conquistou os Prêmios de Melhor Carnavalesco e melhor figurinista pela Revista Plumas e Paetês Cultural, melhor Carnavalesco e melhor figurinista-conjunto alegórico, pelo Site 100% carnaval, Melhor Carnavalesco pelo Youtube Beleza e melhor conjunto alegórico pelo Site Carnavalesco. Diante desse sucesso, foi contratado pela Escola de Samba Unidos do Viradouro, de Niterói, para substituir o carnavalesco Paulo Barros. Acompanhado de Marcus Ferreira, Tarcisio mostrou mais uma vez o seu talento e potencial ao ser campeão do grupo especial com a Viradouro.

O desfile mostrou as atividades que as Ganhadeiras exerciam, como lavar roupa, carregar e vender água, cozinhar e vender alimentos e costurar. Pela força que tiveram para ir atrás da liberdade e pela cultura da Bahia, elas foram exaltadas como as “primeiras feministas do Brasil”. Além do samba, que tinha influência de afoxé, ritmo baiano, nos batuques e na melodia, a comissão de frente foi um dos destaques, trazendo a atleta da seleção brasileira de nado sincronizado Anna Giulia, vestida de sereia. A atleta dava mergulhos de até um minuto em um aquário com 7 mil litros de água, que representou a Lagoa do Abaeté. Outro destaque, foi a distribuição de cocadas ao público, ao lado das baianas.

Mais do SFn