terça-feira , 20 novembro 2018

Natural de Madalena, idosa completa 110 anos e ganha festa na instituição em que vive Segundo a presidente da ICAP, Dona Irene sempre se orgulhou em dizer que é da terra de Dercy Gonçalves

Segundo a presidente da ICAP, Dona Irene sempre se orgulhou em dizer que é da terra de Dercy Gonçalves

Fotos: Reprodução/ Nestor Lopes

Um século e uma década. Esta foi a idade que a Dona Irene, natural do município de Santa Maria Madalena, completou na última sexta-feira (12/10). Atualmente, a idosa vive na Instituição Cristã Amor ao Próximo (ICAP), na cidade de São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro.

O aniversário foi comemorado com festa na instituição. Cercada de muito carinho e cuidados, a idosa celebrou mais um ano de vida com a presença de vários funcionários e de conterrâneos, que saíram de Madalena para conhecer Dona Irene e registrar o fato.

“Apesar de lúcida Dona Irene já não mais conversa com desenvoltura, o que, entretanto, não a impede de responder com o raciocínio lógico de quem compreende o que lhe está sendo perguntado. Ao responder-me afirmativamente de que havia trabalhado muito na lavoura plantando feijão, disse ainda que plantava cana para fazer garapa (caldo de cana). Perguntada se fazia broa para comer com café, complementou dizendo que fazia pamonha (doce de milho verde) e papa” – relatou Nestor Lopes em uma rede social, após visitar a idosa.

Dona Irene também recebeu um presente, uma boneca na qual colocou o nome de Madalena. Com 110 anos, a idosa, que segundo a presidente da instituição se orgulha em dizer que é da terra de Dercy Gonçalves, pode ser considerada uma das pessoas mais idosas do Rio de Janeiro.


Mais do SFn