terça-feira , 20 agosto 2019
Foto: Thiago Parente

Nuvem rara chamou atenção em Macaé neste Dia dos Pais 'Nuvem rolo' pode atingir 1.000 km de comprimento e de 1 a 2 km de largura

'Nuvem rolo' pode atingir 1.000 km de comprimento e de 1 a 2 km de largura

Nuvem vista de Rio das Ostras. Foto: Claudia Dantas

O Dia dos Pais, comemorado neste domingo (11/08), foi marcado por um fenômeno raro, que foi observado em Macaé e municípios vizinhos. Quem passou pela orla, pôde ver uma longa nuvem no horizonte, conhecida como ‘nuvem rolo’. Diversas imagens foram compartilhadas nas redes sociais. De acordo com a meteorologista Josélia Pegorim, da Climatempo, o fenômeno é considerado raro. A nuvem pode atingir 1.000 km de comprimento e de 1 a 2 km de largura. Ela se forma em uma altitude de 100 a 200 metros acima da superfície e é considerada uma nuvem baixa.

Ainda segundo a Climatempo, a nuvem rolo se forma pela combinação de ventos em altitudes diferentes e soprando em direções contrárias por uma grande área, que dão o formato de rolo. “Se formam no choque de massas de ar com temperaturas e teor de umidade diferentes. Seu movimento pode induzir ventos moderados a fortes, mas a nuvem rolo não produz rajadas e nem provoca chuva. Vai se desfazendo à medida que o contraste de umidade e de temperatura enfraquece” – explicou a meteorologista em publicação na Climatempo em junho.


Mais do SFn