segunda-feira , 20 novembro 2017

Obra irregular causa desmoronamento no Coroados

valão da esperança foto vinnicius cremonez 6

Uma obrar irregular construída as margens do Valão da Esperança no bairro Vila dos Coroados, provocou o desmoronamento de um muro e parte de do quintal de uma casa.

O muro construído de forma irregular, provocou a mudança do percurso do valão, e com as últimas enxurradas dessa semana, o quintal de uma outra casa estava desmoronando. A obra estava embargada pela prefeitura desde 1998.

valão da esperança foto vinnicius cremonez  4Homens da Defesa Civil Municipal de São Fidélis, estão no local destruindo o muro, para fazer a desobstruir o valão.

Segundo o Tenente da Defesa Civil Cláudio Luiz, os agentes só chegaram ao local através de uma denúncia anônima feita por moradores da área. Um local cercado por casas e com difícil acesso, que não daria para encontrar a obra se não fosse a ajuda dos moradores.

Cláudio pede aos moradores que colaborem com o trabalho da Defesa Civil, denunciando as construções irregulares.

valão da esperança foto vinnicius cremonez 3Nível dos Rios

O nível dos rios das regiões Norte e Noroeste Fluminense começaram a baixar no inicio da tarde de ontem (03). Em São Fidélis, o Rio Paraíba do Sul começou a baixar por volta das 18h. Na tarde de ontem, o rio atingiu a marca de 4m20cm, sedo que o mesmo começa a colocar água nas ruas do bairro de Ipuca, quando alcançar os 5m10cm.

Na medição feita hoje por volta das 13h, o rio estava na marca de 3m1ocm, já na última medição feita as 14h, o rio estava na cota de 3m2cm. Segundo Cláudio, a Defesa Civil de São Fidélis continua em estado de atenção.

valão da esperança foto vinnicius cremonez 7O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) manteve o alerta de transbordamentos em oito cidades da região Noroeste Fluminense. Cidades cortadas pelos Rios Pomba, Carangola e Muriaé, continuam em alerta.

Em Muriaé (Minas gerais) e em Itaperuna (RJ), os rios transbordaram e invadiram ruas próximas.

Em Campos, a Defesa Civil segue em alerta devido as cheias dos Rios Paraíba e Ururaí. O Paraíba em Campos, diferentemente de São Fidélis, recebe águas do rio Muriaé. Já o Rio Ururaí, continua subindo e pode invadir algumas casas ainda hoje.


Mais do SFn