segunda-feira , 15 outubro 2018

Operação flagra falsos profissionais atuando em academias de Campos, São Fidélis e São João da Barra Em São Fidélis, os fiscais também encontraram uma sala desprovida de profissional e um profissional atuando fora da área de habilitação

Em São Fidélis, os fiscais também encontraram uma sala desprovida de profissional e um profissional atuando fora da área de habilitação

Em São Fidélis, a ação foi registrada na 141ª DP

Fiscais do Conselho Regional de Educação Física (CREF1) do Rio de Janeiro/Espírito Santo encontraram um homem que atuava ilegalmente com musculação em uma academia no Centro de São Fidélis. Ele, que não teve o nome divulgado pelo CREF1, foi encaminhado para a  141ª Delegacia Legal do município, onde o caso foi registrado.

Segundo o Conselho Regional, na ação os fiscais também encontraram uma sala desprovida de profissional e um profissional atuando fora da área de habilitação. O caso de exercício ilegal da profissão será encaminhado ao Ministério Público e os estabelecimentos que apresentaram as irregularidades irão responder junto ao Departamento Jurídico do CREF1.

Além de São Fidélis, os fiscais também estiveram em São João da Barra e em Campos dos Goytacazes nos dias 24 e 25. No primeiro, foi detectado um exercício ilegal em treinamento funcional. Já no segundo, os fiscais encontraram um estabelecimento sem registro de pessoal jurídica, um local sem responsável técnico nomeado no CREF e três salas desprovidas de profissional de educação física registrado. Os nomes das academias não foram divulgados.

Segundo a supervisora do Conselho Regional de Educação Física (CREF1), Giovanna Pereira, a população precisa verificar se o estabelecimento que oferece a atividade possui registro de pessoa jurídica no CREF1 e se o profissional que está orientando a atividade tem registro profissional.

Havendo constatação da pratica ilegal da profissão, acesse o site cref1.org.br e protocole a denúncia. No sistema é possível anexar fotos e vídeos da atividade, bem como detalhes de horário, dia da semana e nome do estabelecimento. As fiscalizações de possíveis práticas de Exercício Ilegal são averiguadas através das denúncias que chegam ao Conselho, por isso a importância da sociedade em contribuir para a coibir essa prática“, disse ela.

A ausência do registro no sistema Confef/Crefs é a maior prova da ausência da habilitação. Então solicite ao responsável pela atividade a carteira profissional ou documento oficial com foto, acesse o site do CREF1 e pesquise pelo número do registro ou nome completo.


Mais do SFn