quarta-feira , 12 dezembro 2018

Outubro rosa: região terá ações de prevenção e conscientização Palestras, marcação de exames e intensificação de consultas ginecológicas fazem parte da programação de algumas cidades

Palestras, marcação de exames e intensificação de consultas ginecológicas fazem parte da programação de algumas cidades

Foto: Luís Macapá

O mês de outubro é marcado pela importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e de colo de útero. Na região, o Outubro Rosa terá várias atividades como palestras, marcação de consultas, entre outras.

Campos e Itaperuna já divulgaram a programação. Em Campos, a campanha municipal, com o tema “O Direito é seu, mas a luta é nossa” terá início nesta quarta (03), no Centro de Saúde, das 9h às 12h, com a conscientização das mulheres sobre a importância da prevenção à doença, panfletagem e orientação de especialistas. Serão disponibilizados mais de 1,4 mil exames de mamografia.

No dia 14, de 9h às 11h haverá uma mobilização social no Jardim São Benedito, com participação do grupo “Mulheres Guerreiras” do Hospital Escola Álvaro Alvim (HEAA). A ação será aberta ao público e contará com palestra sobre prevenção, depoimentos de pacientes em tratamento contra a doença, orientação com médicos e enfermeiros sobre infecções sexualmente transmissíveis (IST), câncer de mama e de colo de útero, distribuição de preservativos e de material informativo.

Já no dia 24, às 15h, a ginecologista e obstetra Luci Moreira fará palestra no auditório da prefeitura, para servidoras e o público em geral, abordando o tema da prevenção, diagnóstico e tratamento da doença. No dia 31, das 8h às 16h, encerrando a programação a equipe da SMS vai participar, junto ao Hospital Dr. Beda, de uma ação em saúde no jardim da unidade II do hospital.

Em Itaperuna uma ação será realizada neste sábado (06/10) das 8h às 12h na feira livre. Haverá distribuição de folder educativo sobre os cuidados com as mamas e informações sobre a saúde da mulher. Também haverá agendamento de mamografias e coleta de preventivo. Já nas Unidades Básicas de Saúde, as consultas ginecológicas e preventivos serão intensificados.


Mais do SFn