Padrasto é preso por estuprar a enteada, no RJ Vítima acordou nua, gritou e foi agredida com socos; O homem ainda apertou o pescoço da adolescente até ela desmaiar

Vítima acordou nua, gritou e foi agredida com socos; O homem ainda apertou o pescoço da adolescente até ela desmaiar

Fotos: Jornal Ponto | Reprodução

Um homem de 44 anos foi preso nesta quinta-feira (15/02) acusado de estuprar a enteada de 17 anos. O caso aconteceu na quarta (14) em Pinheiral, no RJ. O homem chegou a negar o crime e contar uma outra versão para a polícia.

A menor mora com um companheiro e foi dormir na casa da mãe e do padrasto após os festejos de Carnaval. Ela acordou nua de madrugada com o padrasto sobre ela. A vítima gritou e resistiu, o homem então a agrediu e apertou seu pescoço até a adolescente desmaiar.

Quando recobrou os sentidos, ela fugiu e pediu ajuda à Polícia Militar, que encaminhou a vítima, sua mãe e o padrasto para a 101ª Delegacia. Lá o homem disse que acordou com os gritos da menor e viu três homens batendo nela. Ele disse que a agressão seria por conta de uma dívida em drogas do companheiro da vítima.

O homem também disse ter sido agredido pelo trio. Após exames apontarem que os cortes no rosto do padrasto eram marcas de unhas femininas, ele acabou confessando e disse que a culpa era do álcool. Ele permaneceu preso.

 


Mais do SFn