“Parece que foi um furacão”, diz motorista ao passar pela RJ-192 após chuva com vendaval e granizo em São Fidélis Bombeiros de São Fidélis e Itaocara trabalharam na rodovia retirando árvores. O temporal também assustou os moradores de Cambiasca; veja o vídeo

Bombeiros de São Fidélis e Itaocara trabalharam na rodovia retirando árvores. O temporal também assustou os moradores de Cambiasca; veja o vídeo

Árvore caída na RJ-192 em Cambiasca

Foi assustador! A chuva com fortes rajadas de vento e granizo que atingiu São Fidélis no último sábado (23) deixou um rastro de destruição em alguns pontos do município. Na RJ-192, por exemplo, um motorista que passava pela via disse que parecia que um furacão tinha passado pela estrada. Dezenas de árvores caíram ou foram arrancadas na raiz. Até um valão surgiu às margens da rodovia diante da quantidade de água. Equipes do Corpo de Bombeiros de São Fidélis e Itaocara fazem a retirada das árvores. Só no trecho entre Cambiasca e Ponto de Pergunta, bombeiros de Itaocara retiraram 15 árvores que caíram na estrada. Eles foram acionados por volta de 15h52 de sábado. Já no trecho entre Cambiasca e São Fidélis, ainda não foi calculado o número total de árvores que caíram. O vídeo abaixo mostra como ficou a rodovia após a chuva. (continua após o vídeo)

Em Cambiasca, quinto distrito de São Fidélis, árvores caíram e casas foram destelhadas. Por lá também choveu granizo. Ruas do distrito ficaram tomadas por pedaços de telhas e de galhos de árvores (foto). O vídeo abaixo foi feito em Cambiasca durante a chuva. Já no perímetro urbano de São Fidélis, árvores foram derrubadas ou arrancadas, diversas casas ficaram destelhadas e várias tampas de caixas d’água foram carregadas pela força do vento. Três outdoors foram derrubados, antenas também foram levadas pelo vento e diversos pontos da cidade ficaram sem energia elétrica. Em alguns pontos o fornecimento voltou na manhã de domingo (24), mas em outros, moradores ainda estão sem energia em casa nesta segunda (25). Segundo a Defesa Civil de São Fidélis, só na Ipuca, pelo menos 12 residências foram destelhadas. O Corpo de Bombeiros informou que militares ainda estão autuando no corte de árvores nesta segunda (25).

Mais do SFn