sexta-feira , 9 dezembro 2016
parque 8

Parquinhos infantins estão abandonados em bairros de São Fidélis

parque 9
Fotos: Matheus Almeida

Após constantes reclamações de leitores relacionadas ao estado dos parquinhos infantis de São Fidélis, a nossa equipe de reportagem foi visitar os locais citados e, constatamos que todos estão abandonados. O município já não conta com muita área de diversão para as parque 6crianças, e os poucos locais que existem, estão em péssimas condições.

Nossa equipe esteve no parque do Cristo Rei, onde encontramos um cenário desolador. Tudo destruído. Também estivemos nos parques do Centro, Penha e Barão de Macaúbas. Na Vila dos Coroados o parque foi desativado parque 7para dar lugar ao novo posto de saúde.

A presença de cachorros nas areias desses parquinhos é cena comum, gerando risco de doenças para as crianças. Os problemas nesses locais que deveriam ser de diversão, estão nos brinquedos, pois muitos estão quebrados.

parque 3No Cristo Rei, o parquinho foi fechado há mais de três anos para uma obra de reforma, que até agora não terminou. Uma placa que indicava o valor e a data do término, já foi retirada do local. Ela apontava o orçamento de R$ 74.037,88 e até hoje não foi concluída. Os brinquedos retirados ainda não foram recolocados e não existe material de obra no parque.

No local é possível encontra materiais de obras espalhados, muita sujeira, mato alto e os brinquedos que foram retirados, estão abandonados na calçada em frente ao parque.

No parquinho do bairro da Penha, o problema é com a falta de iluminação e com brinquedos em más condições de uso,  gerando risco de acidentes para as crianças. Devido as péssimas condições dos brinquedos, muitas crianças deixaram de usar o espaço e, a área está sendo usada por um grupo de jovens/adolescentes para jogar futevôlei.

Eles retiraram alguns brinquedos do lugar para praticar o esporte, gerando uma polêmica que foi preciso até a presença da polícia. Eles foram obrigados a colocarem os brinquedos novamente no lugar, mas o local continua em péssimas condições de uso.

No parquinho do Barão de Macaúbas, tradicionalmente muito frequentado, os balanços não existem mais, restando somente a estrutura do brinquedo. As gangorras estão sem assentos e o lixo espalhado pela areia também incomoda os pais. A situação se repete no parquinho do Centro, que fica situado entre a Secretaria Municipal de Educação e o Ministério Público.

SFn