sábado , 10 dezembro 2016
2

Peça “Cada Galho no Seu Macaco”, em cartaz neste mês em São Fidélis

1
Fotos: divulgação

No próximo sábado (07.11), entrará em cartaz em São Fidélis a peça teatral “Cada Galho no Seu Macaco”, do GARTE (Artes e Teatro). Dirigida por Nena Theóphilo, a peça mostra de forma descontraída os problemas de convivência da “Família Silva”, que conta com pai, mãe e dois filhos, onde todos vivem em seu mundo particular, cobrando atenção de todos.

Por iniciativa dos filhos adolescentes, Paulo Neto e Manu, acontecerá uma reunião na sala de visitas, onde irão conversar e tentar falar das suas crises – de forma hilária. Outros personagens que participam da peça são a empregada Cleusinete, que se sente tão à vontade na casa que se acha no direito de entrar na conversa da família, Seu Leopoldo, porteiro do prédio, que mesmo sabendo da reunião familiar também chega para participar instalando-se debochadamente no sofá da sala, e a Tia Constantina que vai bagunçar e atrapalhar ainda mais a reunião.

– A expectativa é sempre aquela com muita ansiedade, aquele friozinho na barriga, mas muito convicta de que tudo vai dar muito certo, porque foi um grupo que chegou muito junto, sempre unido, que com todas as dificuldades no sentido de trabalho, porque é um grupo novo, não teve muito tempo de trabalho de oficinas, de expressões, projeções de voz. Mas isso tudo foi acontecendo. Essas oficinas foram surgindo de acordo com a necessidade do momento, do desempenho de cada personagem enquanto ensaiava. – disse Nena, que interpreta um dos personagens da peça.

– É ‘punk’, porque eu tenho que estar no meu personagem, falar o personagem, sentir o personagem, mas ao mesmo tempo fazer o desligamento. Tenho que ir para a frente do palco e falar com eles (atores), fazer o gestual, passar a marcação de cena. Foi bem complicado. Mas no final, quando já estavam quase prontas as marcações, a Thais, minha filha, me ajudou bastante nessa parte. Ela fez teatro e tem essa noção de voz, de espaçamento cênico. Então eu fiquei bem mais livre para incorporar meu personagem. – contou Nena.

3Além da apresentação de estreia, no dia 07, acontecerão outras três apresentações neste mês, nos dias 8, 14 e 15, todas no Cine Teatro Jayme Coelho. “Cada Galho no Seu Macaco” faz parte da comemoração do GARTE, completados no dia 25 de julho. A entrada será trocada por 1kg de alimento não perecível. Os alimentos arrecadados serão doados para instituições de caridade.

– O coração palpita muito. O GARTE fez 10 anos no dia 25 de julho. Ele nasceu numa necessidade minha, do meu íntimo, de fazer algo por mim, porque o meu início em São Fidélis foi complicado. Eu fui criada no Rio de Janeiro. Não sou carioca por ter nascido, sou paraibana, mas sou carioca de coração. Fui pro Rio com seis anos. E eu vim pra uma cidade que era totalmente diferente. Deixei amigos pra trás. Eu quase pirei, foi terrível pra mim. E com essa necessidade de fazer algo para que eu não me perdesse no próprio tempo, eu fui buscando isso. Aprendi a atuar, aprendi a dirigir. Eu não fiz faculdades de artes cênicas. Fiz cursos dentro do meu grupo, que era o GATIG (Grupo de Teatro da Ilha do Governador), e na Companhia de Teatro Iran Costa Junior. Foram estes dois grupos de teatro que me deram todo o suporte para que eu esteja aqui hoje falando do GARTE. O GARTE foi o meu renascimento, a minha fênix. – lembra a diretora, que preza bastante pela sua equipe de trabalho.

– No início seria cobrada a entrada. Após um ensaio, a gente estava discutindo o que iria fazer, e essa iniciativa surgiu dos próprios atores. E realmente é muito bacana isso vindo de adolescentes. Todo mundo pensa que adolescente não pensa, que só quer whatsapp, mas não é bem assim. Eu trabalho com adolescentes aqui em São Fidélis há 10 anos, e a cada dia eu estou aprendendo no convívio com eles. Eles tem muito o que falar. É só a gente saber parar e ouvir. – finalizou Nena Theóphilo.

Assista o trailer da peça:

SFn