terça-feira , 18 fevereiro 2020

Pedalando, padre subiu mais de 70 mil metros em serras de S.Fidélis e região; o equivalente a escalar o Everest 8 vezes Entre as serras que ele subiu estão a de São Benedito, do Sapateiro, Fazenda Capitão, da Bela Joana e Alto do Santo Cristo, em Varre-Sai

Entre as serras que ele subiu estão a de São Benedito, do Sapateiro, Fazenda Capitão, da Bela Joana e Alto do Santo Cristo, em Varre-Sai

Foto: arquivo pessoal

O padre Gaspar Pelegrini, da Paróquia de Nossa Senhora e São Fidélis, já ficou conhecido por suas aventuras sobre duas rodas. A maior delas chegou a sua segunda edição em 2019: a Bike Romaria. Quatorze fiéis de São Fidélis, entre eles o padre pedalaram mais de 500 quilômetros até o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em São Paulo. O desafio foi ainda maior, porque além de irem pedalando, doze integrantes voltaram em suas bicicletas, ou seja, foram mais de 1000 km em apenas uma semana. Já para o ano, a meta do pároco foi subir mais serras e ele subiu 73.505 metros, o que equivale a escalar o Everest – a montanha de maior altitude da Terra – oito vezes. (Continua após a publicidade)

“Eu coloquei essa meta de fazer uma altimetria maior. Subir mais serras durante o ano. Tem algumas serras que eu subi várias vezes, então vai acumulando” – disse o padre. Entre as serras que ele subiu estão a de São Benedito, do Sapateiro, Fazenda Capitão, da Bela Joana, morro do Santo Cristo em Varre-Sai, rampa do voo livre de Porciúncula, e outras em Bom Jesus do Itabapoana. Outros desafios foram o 200tão, que consiste em pedalar 200 km de estrada de chão num só dia, e o  Festive 500. Veja detalhes sobre esse último AQUI.

Mais do SFn