sexta-feira , 9 dezembro 2016
pedra-branca-campeonato-do-interior

Pedra Branca se sagra bicampeão do Campeonato do Interior de São Fidélis na categoria principal

1
Fotos: Matheus Berriel.

Campeão nos aspirantes do Campeonato do Interior de São Fidéis, o time de Macaco podia ter festejado em dose dupla, mas viu o sonho do título da categoria principal ser destruído pelo Pedra Branca, que venceu a grande final por 1 x 0 e faturou o bicampeonato de forma heroica, com um jogador a menos durante quase todo o jogo. O gol do título foi marcado por Washington, em cobrança de falta.

O jogo:

Os gritos intensos no vestiário, o ritual da entrada de campo e as conversas antes do início do jogo mostraram a expectativa e a rivalidade criada pelas equipes. Quando a bola rolou, uma grande quantidade de faltas e cartões. A vida de Pedra Branca foi dificultada quando o jogador Alec colocou a mão na bola e acabou expulso. Porém, mesmo com um jogador a menos, o time criou as principais chances de gol do primeiro tempo.

3Na volta do intervalo, o Pedra Branca comemorou com menos de um minuto do segundo tempo, mas o gol feito por Juninho foi anulado. Macaco respondeu com uma blitz na área adversária, obrigando o goleiro do Pedra Branca a fazer duas grandes defesas em sequência. Quando a partida já se encaminhava para o fim, Washington cobrou falta no canto e o goleiro Leo Palermo, que terminou como o menos vazado do campeonato, não conseguiu impedir o gol, desta vez válido.

Em vantagem na final, o Pedra Branca passou a administrar o resultado e jogar esperando os contra-ataques. Juninho teve a oportunidade de definir o jogo ao ser lançado em velocidade, mas foi parado por Leo Palermo, que saiu do gol, fez a falta e acabou expulso. Os minutos finais foram marcados por uma polêmica envolvendo as duas comissão técnicas. O motivo seria uma possível sexta substituição feita pelo treinador do Macaco, ultrapassando as cinco permitidas.. A situação não chegou a ser confirmada pela arbitragem, mas não fez diferença. No apito final, a festa foi outra vez de Pedra Branca, que estendeu a comemoração do segundo título pelas ruas da cidade.

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *