segunda-feira , 5 dezembro 2016
2

Pesquisa da Fiocruz confirma presença do zika vírus em saliva e urina

1
Foto: Agência Brasil. | Destaque: Gabriel de Paiva/O Globo.

Dias após a OMS declarar que a zika é uma preocupação internacional, a Fiocruz divulgou que o zika vírus foi encontrado de forma ativa na urina e na saliva de pacientes.

A notícia foi dada pelo presidente da instituição, Paulo Gadelha, na manhã desta sexta-fera (05.02). Para Gadelha, a possibilidade de transmissão na urina e na saliva muda o patamar e a forma do desdobramento das pesquisas.

O zika vírus foi descoberto na saliva e na urina através de uma pesquisa liderada por Myrna Bonaldo, chefe do Laboratório de Biologia do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz). A pesquisadora analisou amostras de dois pacientes com sintomas compatíveis com o zika vírus. A presença do vírus foi confirmada por testes PCR.

Mesmo com a comprovação da atividade viral, pesquisas aprofundadas serão necessárias para que seja confirmada a possibilidade de infecção através de fluidos. Porém, enquanto a dúvida persistir, é recomentado que as gestantes evitem compartilhar copos e materiais levados à boca, além de procurarem não ficar em locais de grandes aglomerações de pessoas.”Pessoas que convivam com gestantes e tenham sintomas de zika devem ter uma responsabilidade adicional”, disse Gadelha.

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *