Petrobras paralisa atividades na P-25 e em oleoduto após vazamento na Bacia de Campos Com base nos sobrevoos realizados até o momento, estima-se um volume vazado de 941 litros de petróleo

Com base nos sobrevoos realizados até o momento, estima-se um volume vazado de 941 litros de petróleo

A Petrobras informou que paralisou a produção na plataforma P-25, no campo de Albacora, na Bacia de Campos, após detectar um vazamento em um oleoduto a cerca de 110 quilômetros da costa do Estado do Rio de Janeiro.

Segundo a estatal, o vazamento foi detectado na madrugada de segunda-feira (22/04).  “A operação do oleoduto e a produção da P-25 foram paralisadas, interrompendo o vazamento“, diz um trecho da nota da Petrobras.

A Petrobras informou ainda que com base nos sobrevoos realizados até o momento, estima-se um volume vazado de 941 litros de petróleo. “A companhia prontamente enviou embarcações para o local, com o objetivo de dispersar a mancha de óleo. Os órgãos reguladores foram informados do incidente“.

A P-25 produziu em fevereiro média diária de 17,59 mil barris de petróleo e 103,3 mil metros cúbicos de gás natural, segundo os dados mais recentes da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).


Mais do SFn