segunda-feira , 15 outubro 2018

Pezão grava vídeo durante visita a Cambuci e Prefeito rebate declarações do Governador Também em vídeo, Agnaldinho rebateu declarações de Pezão sobre as obras no Novo Guarani e disse por que se recusou a recebê-lo

Também em vídeo, Agnaldinho rebateu declarações de Pezão sobre as obras no Novo Guarani e disse por que se recusou a recebê-lo

Fotos: Reprodução

O Prefeito de Cambuci, Agnaldo Vieira, o Agnaldinho, rebateu algumas declarações feitas pelo Governador do Rio, em um vídeo gravado no município durante uma visita às obras de saneamento básico, rede de águas pluviais e calçamento no bairro Novo Guarani.

No vídeo, Pezão afirma: “Estamos aqui em Cambuci, numa obra importantíssima que infelizmente o prefeito não me convidou para vir inaugurar e foi feita toda com recursos do Estado. Nós estamos investindo aqui em Cambuci cerca de R$ 5 milhões e 100 mil”.

Em resposta, também em vídeo, Agnaldinho rebate: “O governador falta com a verdade ou está mal informado quando fala que a obra que ele visitou foi feita exclusivamente pelo Governo do Estado. Falta com o respeito com o município de Cambuci e principalmente com os funcionários da prefeitura, que vem trabalhando com empenho e dedicação nesta parceria com o Estado”.

Além de afirmar que chama a atenção o governador, que há vários anos estava sem visitar a região, ter aparecido às vésperas das eleições, o Prefeito explica porque se recusou a receber Pezão durante sua visita.

“Governador, eu me recusei a lhe receber em respeito aos professores e profissionais da educação. Em respeitos aos aposentados e pensionistas do Estado do Rio, em respeito aos funcionários da Cedae, em respeito a toda população, principalmente aos moradores do Noroeste que é região mais abandonada pelo Governo do Estado”.

Agnaldinho também fez um convite para que Pezão visite o município fora do período eleitoral, de carro “trafegando pelas péssimas rodovias estaduais da região”, “se possível sem segurança, para juntos andarmos no meio da rua olhando no olho da população para discutirmos questões importantes como, por exemplo, os milhões de repasses atrasados do Estado com o Hospital de Cambuci”. Confira os vídeos:


Mais do SFn